sexta-feira, 24 de junho de 2016

NerdópoleCast 106: Star Wars : O Despertar da Força

Assine Nosso Feed:Podcast de cinema sobre Star Wars o despertar da força  Zipado



Neste Podcast de cinema sobre Star Wars o despertar da força conversamos sobre este novo filme, e tentamos definir sua importância no cenário da Franquia já estabelecida pelo George Lucas.


Para baixar o Podcast de cinema sobre Star Wars o despertar da força , clique em Download/Baixar com o botão direito do Mouse, "Salvar como", e escolha o local onde quer baixar"


Host:


Marcos "O gênio do Mal"


Participantes e Seus Contatos:


Eduardo Cosso


Facebook: @eduardo.cosso.3


Twitter: @eduardo_cosso


Maveryk


Facebook: @haipy


Twitter: @haipyplasti


Canal no youtube: Haipy modelismo


Mariana Lima:


Facebook: @mariana.r.delima.3

 

Sinopse do Filme:


Décadas após a queda de Darth Vader e do Império, surge uma nova ameaça: a Primeira Ordem, uma organização sombria que busca minar o poder da República e que tem Kylo Ren (Adam Driver), o General Hux (Domhnall Gleeson) e o Líder Supremo Snoke (Andy Serkis) como principais expoentes. Eles conseguem capturar Poe Dameron (Oscar Isaac), um dos principais pilotos da Resistência, que antes de ser preso envia através do pequeno robô BB-8 o mapa de onde vive o mitológico Luke Skywalker (Mark Hamill). Ao fugir pelo deserto, BB-8 encontra a jovem Rey (Daisy Ridley), que vive sozinha catando destroços de naves antigas. Paralelamente, Poe recebe a ajuda de Finn (John Boyega), um stormtrooper que decide abandonar o posto repentinamente. Juntos, eles escapam do domínio da Primeira Ordem.

[otw_shortcode_content_toggle title="Ficha Técnica e Curiosidades"]Star Wars: O Despertar da Força (2015) Diretor: J.J. Abrams (Missão: Impossível 3 e Star Trek) Roteiro: Lawrence Kasdan (Os Caçadores da Arca Perdida e O Império Contra-Ataca) J.J. Abrams (Armageddon e Eternamente Jovem) Michael Arndt (Toy Story 3 e Oblivion) Elenco principal: Harrison Ford - Han Solo (Blade Runner, o Caçador de Andróides e Força Aérea Um) Mark Hamill - Luke Skywalker (Guyver e dubla muita coisa como Coringa em jogos, animações da DC, etc...) Carrie Fisher - Princess Leia (Pânico 3 e O Homem do Sapato Vermelho) Adam Driver - Kylo Ren (J. Edgar e Enquanto Somos Jovens) Daisy Ridley - Rey (revelação Inglesa com uma carreira brilhante pela frente) John Boyega - Finn (Ataque ao Prédio e a Mini série: 24 Horas: Viva um Novo Dia) Oscar Isaac - Poe Dameron (X-Men: Apocalipse e Ex-Machina: Instinto Artificial) Bilheteria: Custo de produção: $245 million Bilheteria EUA:$936,660,090 (MAIOR BILHETERIA NA HISTÓRIA DOS EUA!) Resto do mundo: $1,130,300,000 TOTAL: $2,066,960,090 (TERCEIRA MAIOR BILHETERIA DA HISTÓRIA NO MUNDO, MAIS 120 MILLIONS DOLLARS E PASSAVA TITANIC) curiosidades: Um artigo de uma revista americana afirma que J.J. Abrams teve a ideia de colocar o esqueleto de Jar Jar Binks (como easter egg) em poucos segundos do filme. Estaria localizado no deserto. A produção preferiu usar locações reais, modelos em miniatura sobre a tela verde e imagens geradas por computador sempre que possível, a fim de fazer o filme esteticamente similar a trilogia original.Novo compositor Primeiro filme de J.J. Abrams que não contará com a composição musical de Michael Giacchino. O compositor declarou em uma entrevista, que preferia ouvir a trilha sonora de John Williams, responsável pela trilha de todos os longas da série, em um novo Star Wars do que a sua. Foi revelado no verão americano de 2013, que tanto Carrie Fisher quanto Mark Hamill haviam começado um regime vigoroso de dieta, exercício e treinamento de dublê, a fim de prepararem-se para seus respectivos personagens, Leia e Luke. Durante as filmagens em 2014, Harrison Ford quebrou o tornozelo na porta do Millennium Falcon. Cerca de um ano mais tarde, o diretor J.J. Abrams revelou ter distendido a coluna ao tentar tirar Ford debaixo da porta. Mark Hamill tinha 63 anos durante as filmagens de O Despertar da Força. Mesma idade de Alec Guinness ao gravar Guerra nas Estrelas (1977). Ao ser entrevistado sobre O Retorno de Jedi em 1983, Mark Hamill (Luke Skywalker) afirmou que George Lucas tinha considerado fazer um novo filme, para 2011, onde Skywalker seria como Obi-wan Kenobi. No entanto, o fato não tem relação com O Despertar da Força. Durante um almoço com George Lucas, Mark Hamill disse que o diretor lhe informou calmamente que uma nova trilogia Star Wars seria feita pela Disney, e caso ele não quisesse se envolver, Luke Skywalker não apareceria no roteiro. No entanto, Hamill imediatamente concordou em reprisar o papel. Após recusar publicamente dirigir o novo Star Wars, J.J. Abrams recebeu a visita de Kathleen Kennedy. Suas negociações duraram mais de um mês, durante o qual, a principal preocupação de Abrams era a grande magnitude e importância cultural do projeto. Michael Arndt redigiu o roteiro deste filme baseando-se no esboço de George Lucas para a abandonada trilogia sequêncial da saga original. Apesar de poucos detalhes do escrito terem tornado-se públicos, o escritor Dave Pollack confirmou que a história abordaria a construção da Nova República após a queda do Império, que Luke Skywalker, Princesa Leia e Han Solo apareceriam, e que os filhos deles seriam os personagens principais da história. No entanto, o roteiro de Arndt foi rejeitado e um novo script foi escrito por J.J. Abrams e Lawrence Kasdan. Antes de J.J. Abrams ser escalado, tanto Brad Bird e Matthew Vaughn supostamente recusaram dirigir O Despertar da Força. Bird já havia se comprometido com Tomorrowland - Um Lugar Onde Nada é Impossível (2015), forçando-o a declinar. Vaughn entrou em negociações, mesmo após renunciar o papel de diretor em X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido (2014), a fim de assumir o Episódio VII, mas eventualmente abdicou alegando "diferenças criativas" à cerca do nível de violência no filme e a escalação da protagonista feminina, segundo informações. Entre outros diretores cotados estavam Steven Spielberg, Guillermo del Toro, Peter Jackson, Christopher Nolan, Ben Affleck, Joss Whedon, James Cameron e Rian Johnson. Mais tarde, Johnson foi anunciado como diretor e roteirista do Episódio VIII e colaborador no roteiro do Episódio IX (2019). Segundo a presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy, quando Harrison Ford e Chewbacca puseram os pés no set da Millennium Falcon, cada pessoa no set estava deslumbrada. Kennedy alega que cerca das 200 pessoas no local estavam completamente quietas, devido à presença icônica de Ford e Chewbacca de volta à nave de Han Solo. Mark Hamill regravou seu monólogo de O Retorno de Jedi (1983) ("a Força é forte em minha família") para ser utilizado no teaser trailer, mas foi decidido que suas falas gravadas recentemente seriam mixadas ao diálogo original como uma reverberação, de modo a provocar sutilmente sua reprise como Luke Skywalker. Depois de ser escalado, Oscar Isaac revelou ao diretor J.J. Abrams que seu tio é um grande fã de Star Wars. Como resultado, os arranjos para o tio de Isaac visitar o set de filmagens foram feitos. Para a grande surpresa de ambos, Abrams perguntou se o tio de Oscar estaria interessado em aparecer no filme como um extra. Ele prontamente aceitou. O novo droid BB8 é inspirado em um dos primeiros conceitos de Ralph McQuarrie para R2-D2. Ao invés de uma pequena unidade R2 acoplada a uma grande bola, o conceito original abarcava a ideia de um corpo R2-D2 sem pernas descansando em uma esfera menor. Essa concepção foi abandonada, pois era impossível fazê-la funcionar em meados de 1970. Embora o filme (e a venda da Lucasfilm para a Disney) não tenha sido anunciado publicamente antes de Novembro de 2012, tanto Mark Hamill e Carrie Fisher afirmaram ter discutido com George Lucas a possibilidade de aparecerem no Episódio VII e em futuros filmes Star Wars no verão de 2012, meses antes da venda. Embora seja o segundo filme Star Wars a ser lançado em IMAX, este é o primeiro cujo câmeras IMAX foram utilizadas durantes as filmagens. Simon Pegg é o segundo ator a aparecer em ambas as franquias Star Wars e Star Trek, sendo os filmes participantes dirigidos por J.J. Abrams. O primeiro foi Deep Roy. George Takei também apareceu em longas Star Trek, mas, em Star Wars, apenas participou da série televisiva Star Wars: The Clone Wars. Esta nova trilogia de Star Wars (episódios VII, VIII e IX) apresentará uma nova linha de tempo com um novo Universo Expandido chamado "New Universe", com novas histórias nos livros, quadrinhos, jogos, etc. O antigo Universo Expandido ainda é reconhecido da Lucasfilm, mas foi movido dos eventos originais para uma "linha do tempo alternativa" conhecida como "Legend Universe". A linha do tempo oficial da franquia é agora composta por: Episódios: I, II, III; Star Wars: The Clone Wars (2008); Star Wars Rebels (2014); Episódios: IV, V, VI (trilogia Original), Star Wars Battlefront (2015), e a novos Episódios: VII, VIII, IX). Mark Hamill e John Boyega pressionaram, com sucesso, o diretor J.J. Abrams para permitir que o fã de Star Wars, Daniel Fleetwood, pudesse ver o filme antes de seu lançamento. Fleetwood foi diagnosticado com câncer terminal, e não era esperado viver até a data de estreia do filme. Após o consentimento da Disney, a versão completa de O Despertar da Força foi reproduzida para Fleetwood em uma exibição especial em sua casa. Daniel faleceu em 10 de novembro de 2015. Mark Hamill (Luke Skywalker), Harrison Ford (Han Solo), Carrie Fisher (Princesa Leia), Anthony Daniels (C-3PO), Kenny Baker (R2-D2), Peter Mayhew (Chewbacca), Tim Rose (Ackbar) e Mike Quinn (Nien Nunb) são os únicos atores da trilogia original a reprisarem seus papéis em O Despertar da Força. Entretanto, Daniels, Baker e Mayhew também estiveram na trilogia prequel (Episódios I, II e III). Primeiro filme de Billie Lourd, filha de Carrie Fisher. Antes de Adam Driver ser escalado como o vilão Kylo Ren, Michael Fassbender e Hugo Weaving foram considerados para o papel. Driver precisou ausentar-se da série Girls, a fim de estrelar o longa. O criador da série, George Lucas, afirmou que a transição da Lucasfilm para a Disney foi uma maneira de "passar Star Wars para uma nova geração de cineastas." John Boyega estava tão nervoso e assustado com a perspectiva de não conseguir o papel, que não contou a seus pais ter sido escalado até uma foto sua ser publicada na página oficial do twitter de Star Wars. Ao assinar contrato para assumir o comando de O Despertar da Força, J.J. Abrams torna-se o primeiro cineasta a dirigir um filme Star Trek e Star Wars. Kevin Smith e Benedict Cumberbatch visitaram o set de O Despertar da Força. Smith, famoso por sua natureza aberta e falador, foi forçado a assinar um acordo de não-divulgação e, por precaução, J.J. Abrams fixou cartazes comerciais característicos da 2ª Guerra Mundial ao redor do set, com a frase "Loose Lips Sink Starships" ("Boca Aberta Afunda Naves", tradução livre, referência ao bordão popular brasileiro "Boca Fechada Não Entra Mosquito") como um lembrete a Kevin, que não revelasse spoilers do filme para o público. Fiel à sua palavra, Smith apenas relatou que chorou ao conhecer o set do Millennium Falcon, pois o lembrou de quanto amava Star Wars quando criança. Devido à natureza secreta em torno do filme, vários membros do elenco descobriram ter conseguido os respectivos papéis em um curto espaço de tempo. Domhnall Gleeson recebeu a confirmação um dia após ter feito o teste, que foi apenas um dia antes da mesa de leitura. Oscar Isaac descobriu algumas horas antes da leitura e foi instruído a esperar em um quarto de hotel, em Londres, para receber uma chamada dizendo-lhe em que lugar do primeiro andar ele deveria ficar, que um carro estaria esperando-o e, que iria levá-lo para mesa de leitura ou reservar um voo de volta aos Estados Unidos. O Despertar da Força será lançado 32 anos após O Retorno de Jedi, 10 anos após Episódio III - A Vingança dos Sith e 16 anos após Episódio I - A Ameaça Fantasma. Após ser lançado, o segundo trailer alcançou mais de vinte milhões de visualizações no Youtube, em menos de 24 horas. O filme tem um orçamento de 200 milhões de dólares, o mais caro da série até agora. O primeiro filme, além da animação Clone Wars, que não iniciará com a icônica vinheta da Fox. Este trecho, é histórico para Star Wars. John Williams a regravou especialmente para O Império Contra-Ataca - tendo sido feito pela primeira vez, após décadas da estréia. A Panavision concedeu duas câmeras pretas e customizadas Millennium XL2, especificamente para a produção. A câmera "A" foi apelidada de "Estrela da Morte", e a câmera "B", "Millennium Falcon". Os ornamentos do droid BB-8 neste filme são produzidos por Lee Towersey e Oliver Torres, que eram membros da R2-D2 Builders Club (Clube dos Construtores do R2-D2, tradução livre). O seu envolvimento deu-se após Kathleen Kennedy conhecer seu trabalho na Celebration Europe (convenção de fãs em Londres). Eles foram, posteriormente, contactados pelo produtor executivo Jason D. McGatlin, que os contratou para a equipe de efeitos de criaturas. Houve rumores de que Chloë Grace Moretz, Saoirse Ronan, Zac Efron, Miles Teller, Michael B. Jordan, Alex Pettyfer, Sullivan Stapleton e Jack O'Connell fizeram testes para o filme, enquanto Chiwetel Ejiofor, Benedict Cumberbatch e Gary Oldman foram cotados para diferentes papéis.Mãe, o site caiu! Sites de cinema teriam deixado de funcionar, após o início da pré-venda de ingressos. Poe Dameron (interpretado por Oscar Isaac) tem o sobrenome do ex-assistente pessoal de J.J. Abrams, Morgan Dameron e o nome do ursinho panda de sua filha, Poe. Elizabeth Olsen, Jennifer Lawrence e Shailene Woodley foram considerados para o papel de Rey. Olsen recusou a audição, pois já tinha um contrato com a "Marvel Studios" como a intérprete da Feiticeira Escarlate na sequência de Os Vingadores, e, as datas de filmagem coincidiam com as de Era de Ultron. Em abril de 2014, J.J. Abrams escolheu Daisy Ridley como Rey, a fim repetir o mesmo feitio de George Lucas, selecionando atores pouco conhecidos para desempenhar papéis principais. Gary Oldman fez teste para o papel de Lor San Tekka, que foi interpretado por Max von Sydow. O teaser trailer omite "Episódio VII" do título do filme, semelhante ao padrão de nomenclatura da trilogia original (1977-1983). No entanto, "Episódio VII" foi incluído nos créditos de abertura de O Despertar da Força. [/otw_shortcode_content_toggle]

Formas de Contato:


Para críticas, sugestões ou elogios, entre em contato no E-mail: contato@nerdopole.com.br


Redes Sociais:


Siga nosso Chat no: Vaiber


Nerdópole no Google+


Twiitter: @nerdópole


Confira também nossa Pagina no Facebook: /Nerdópole


Assine Nosso Feed : Nerdópole/feed


Fica a Dica:

“Se você tem alguma ideia para um Podcast, se viu algo por ai na Internet que acha interessante e que ver o Nerdopole falar sobre, mande um e-mail para contato@nerdopole.com.br com o assunto “NerdopoleCast” vamos avaliar seu recado e tentar incluir de alguma forma na nossa grade. dês de já agradecemos.

banner podcast nerdopole Itunes


.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário