WHAT'S NEW?
Loading...

NerdópoleCast 074: Por trás da Mascara

Assine Nosso Feed:Podcast Sobre Dia do Podcast em 32kPodcast Sobre o Dia do Podcast Zipado



Bom Dia Nerdópole, hoje trazemos o Podcast Sobre o Filme Por trás da Mascara, uma verdadeira homenagem aos Slasher Movies um filme que começa como um documentário falso sobre como um Assassino pensa e termina como um brilhante filme de terror


Para baixar Podcast Sobre o Filme por trás da Mascara, clique em Download com o botão direito do Mouse, "Salvar como", e escolha o local onde quer baixar"


Host:


Marcos "O gênio do Mal"


Participantes:


Eduardo Cosso


Welligton Macgsren


Sites dos Participantes e Links Relacionados:


Aracnofa


Sinopse


Você já conhece os lendários maníacos Jason Voorhees, Michael Myers e Freddy Krueger. Agora, vai conhecer Leslie Vernon, o próximo grande assassino psicótico. Nathan Baesel, da série INVASION, incorpora Vernon, um assassino compulsivo, mas muito simpático. Ele convida a equipe de produção de um documentário para acompanhá-lo enquanto relata suas memórias com seu mestre na arte do assassinato (Scott Wilson, de A SANGUE FRIO), foge do seu psiquiatra e inimigo (Robert Englund, de A HORA DO PESADELO), desconstrói o simbolismo de Freud e planeja com detalhes a sua próxima matança. Mas, depois que começa o massacre, como reconhecer as diferenças entre o prazer mórbido de olhar, a maldade clássica e a confusão generalizada de um bom filme de maníaco assassino à moda antiga? Angela Goethals (de 24 HORAS) e Zelda Rubinstein (de POLTERGEIST) também estão presentes neste suspense insensato e inteligente que foi considerado uma obra de arte pela revista Film Threat.


Este Podcast é um Oferecimento NERDBOX - Clique no Banner Diga Nerdópole e seja Feliz, ouça o programa para mais informações.


.

Formas de Contato:


E-mail: contato@nerdopole.com.br


Siga nosso Chat no Vaiber


Nerdópole no Google+


Twiitter: @nerdópole


Facebook: /Nerdópole


Assine Nosso Feed : Nerdópole/feed


banner podcast nerdopole Itunes

Podcast Podcast 047: Entrevista com o Podcast - Pod Tudo no Cast




Para abrilhantar nosso site, convidamos um projeto muito cuidadoso e organizado, um podcast onde é abordado praticamente todos os assuntos. Que tem a intenção de informar e divertir os ouvintes, mas como ele se organizam? Quem faz o que, é como? Para que este projeto seja tão bem elaborado e tenha todo o cuidado que ouvimos no podcast e vemos no site, descubra agora em nossa:




Entrevista com o Podcast - Pod Tudo no Cast


Integrantes Oficiais do Pod Tudo no Cast.


Jef Barbosa (Jefther Barbosa)= Host, Editor e Diretor. Estudante de Jornalismo.


Alfa (Alef Dias) = Participante e Diretor de conteúdo.


Eduardo Cosso - O nome do podcast indica que vocês podem gravar sobre qualquer assunto que quiserem, primeiro quero saber como vocês decidiram esse nome e quais outras opções que vocês tinham pensado antes de decidir?


Pod Tudo Cast - O nome do programa foi decidido no dia da nossa primeira gravação, que antecede em muitos meses o lançamento oficial do mesmo. Tínhamos em mente a ideia de que poderíamos abordar qualquer assunto. Sendo assim, a primeira variação desse nome foi; “Pod Tudo NUM Cast”. Até mesmo na vinheta do primeiro episódio esse nome foi aplicado, mudando posteriormente para “Pod Tudo no Cast”, que possuí uma sonoridade melhor.


EC - Como a equipe do podcast foi formada? Sempre foram amigos ou se encontraram e com os mesmos interesses decidiram começar a gravar o podcast?


PTC -A equipe fixa oficial, somos eu e meu amigo Alef Dias (O Alfa). Nós somos amigos há muito tempo e sempre possuímos os mesmos interesses. Com o tempo, e contatos que foram surgindo, tivemos a oportunidade de aumentar os participantes. Mas como sempre queremos diversificar opiniões e falar de diversos assuntos, procuramos sempre trazer participantes diferentes.


EC -Gosto muito no site do Encontre seu Podcast, que a o visitante pode escolher o tema que vocês já gravaram como TV, Cinema. Quando vocês falarem de outro assunto nunca abordado antes, vai receber mais opções para pesquisa?


PTC -Essa ferramenta é realmente muito útil. Foi uma das coisas que priorizamos na montagem do novo design do site. Desejávamos algo clean, intuitivo e de fácil acesso. Esses tópicos de pesquisa foram estabelecidos com base em assuntos que pretendemos discutir, entretanto posteriormente, ao falarmos de outros assuntos, serão criados novos tópicos de pesquisa, com certeza.


Entrevista com o Podcast - Pod Tudo no Cast


EC -Sei que vocês não têm muitos episódios, mas o que estão achando do feedback dos ouvintes? Vocês estão satisfeitos com o que alcançaram com o Pod Tudo no Cast ou ainda terão muito chão pela frente para ficarem satisfeitos?


PTC - O Pod Tudo está para completar um ano, agora em novembro de 2015, e nesse tempo conseguimos alcançar mais ouvintes do que imaginávamos. Podcasts em geral tem dificuldades, pois a curva de crescimento é lenta, porém constante e isso nos motiva a continuar produzindo. O feedback ainda não está satisfatório, as pessoas estão acostumadas a fazer o download pelo feed e não ir no site comentar. Isso ainda precisa ser trabalhado, mas o pouco feedback que recebemos é sempre muito positivo, elogiando e incentivando-nos a continuar. Ainda há muito trabalho a se fazer e, como você disse, muito chão pela frente. Mas ficamos feliz com o constante crescimento.


EC -A periodicidade de vocês, como vocês mesmo já citaram é meio estranha, elas são quinzenais ou mensais? Vocês gostam de podcasts semanais, quinzenais ou outro tipo de periodicidade?


PTC - No início nossa periodicidade era bem complicada mesmo. Tínhamos muita dificuldade em nos reunir para gravar e a edição sempre era o gargalo. Atualmente estamos mais organizados e somos quinzenais, até gostaríamos de ser semanais, mas como todos trabalhamos, estudamos e temos demais afazeres, a melhor periodicidade escolhida foi essa. Eu particularmente prefiro podcasts semanais, mas acompanho alguns quinzenais e até mensais.


Entrevista com o Podcast - Pod Tudo no Cast


EC -Vi que existe um link no site, que nos leva a um canal do Youtube. Vocês já têm um projeto de começar a produzir vídeos ou está apenas lá, esperando uma ideia aparecer?


PTC - Atualmente não temos intenção de produzir material para o Youtube. Mas por recomendação de um amigo, resolvemos criar para garantir o nome e também para postar conteúdo de bastidores, ou outro vídeo que seja direcionado ao conteúdo do site. Quem sabe futuramente algo possa surgir, mas por enquanto é só para conteúdo extra.


EC -Quais as vantagens de se ter para o podcast o Instagram? Vocês têm muita interação fora dos comentários, como em Facebook e Twitter?


PTC - Eu não digo que exista uma vantagem, mas no marketing aprendemos que temos que estar onde o público está, e sabemos que as pessoas consomem diariamente Redes Sociais. Então procuramos sempre postar algumas imagens de bastidores ou lançamentos de novos episódios. Grande parte da nossa interação vem pelo Facebook e Twitter, é o modo mais direto de termos contato com nossos ouvintes.


EC -Quanto tempo vocês demoram para escolher tema, montar pauta, escolher convidados, gravar, editar e lançar cada episódio do podcast?


PTC - Essa questão depende de vários fatores, principalmente com relação ao tema. O episódio de “Perdido em Marte”, por exemplo, escolhemos a pauta logo que vimos o filme, gravamos, editamos e lançamos em 3 dias, então realmente depende. Mas em média levamos 2 semanas para passar por todo o processo.


EC -De onde veio a ideia para a vinheta da parte de recado do podcast? Quem é o responsável por pensar em algo assim?


PTC - Como muitas das ideias, boas ou ruins, surgem da minha mente mesmo. Estava pensando em algo como se alguém recebesse uma ligação e eu não podendo atender, essa pessoa se encarregaria de anotar os recados. Pensei que seria melhor se a pessoa estivesse de mal humor, provavelmente jogando um FPS, e que seria melhor ainda se eu estivesse ocupado no banheiro. Como sou o editor, tento pensar em técnicas e efeitos que podem ser interessantes para deixar o programa mais chamativo e engraçado, apesar de não ser um podcast de humor, mas acredito que as pessoas absorvem o conteúdo de maneira mais orgânica se o papo estiver minimamente leve e engraçado.


Entrevista com o Podcast - Pod Tudo no Cast


EC -O que vocês acham da quantidade de podcasts nerds ou de cultura pop que temos no Brasil? Como vocês fazem para ser diferentes de outros podcasts que tratam dos mesmos temas que vocês?


PTC - Esse assunto é algo interessante de se comentar. Muita gente diz “poxa, só existe podcast de cultura pop/chega de podcast assim”. Eu discordo. Acho que SIM, as pessoas devem procurar se diferenciar no formato, no desenvolvimento do assunto e buscar a sua identidade própria. Mas a partir do momento que VOCÊ vai fazer um podcast sobre um assunto que eu já fiz, vai ser diferente. Porque a sua vivência com o assunto não é a mesma que a minha. Temos opiniões diferentes, pontos de vista diferentes e não vamos conseguir falar exatamente sobre as mesmas coisas. Há grande quantidade de podcasts sobre esses assuntos porque são coisas que consumimos todos os dias, pois é muito difícil desenvolver uma pauta sobre um assunto que você não conhece ou domina. Eu acho interessantíssimo novos podcasts trazendo propostas diferentes, para falar sobre pediatria, ciência, literatura... Entre tantos outros assuntos que ainda não são explorados profundamente, mas há espaço para todo mundo. E eu fico feliz em ver mais pessoas se esforçando em produzir bom conteúdo, pois assim a mídia cresce em ouvintes e em profissionalismo. A forma que diferenciamos no Pod Tudo, começa no momento da decisão da pauta. Eu sento na frente do notebook e penso: “Qual a mensagem importante que tem nesse assunto, que podemos passar para os ouvintes? Qual vai ser o motivo de ligar o microfone e gastar tempo para gravar um programa? ” Partindo desse pensamento, eu início a elaboração da pauta. Por que falar é fácil, mas passar uma informação ou uma mensagem positiva para as pessoas, que é complicado. Eu procuro sempre trazer assuntos que possam servir para algo. Como por exemplo, no episódio de “Sense8”, falamos sobre a aceitação e a diversidade do ser humano. Para mim essa mensagem foi poderosíssima, e saber que as pessoas estão absorvendo aquilo é sensacional.


EC -Algumas considerações Finais?


PTC - Primeiramente quero agradecer ao espaço cedido para falar sobre o trabalho que desenvolvemos. É claro que tudo começou como um hobby, e ainda é, mas a proporção que isso vem tomando tem me deixado muito feliz. E gostaria de convidar a todos vocês a visitarem o nosso site e ouvirem um dos nossos programas. Garanto que irão se arrepender, mas antes do arrependimento ao menos uma risada vocês darão. Um grande abraço a todos!


Christian Bale vai interpretar o Criador da Ferrari

A Paramount Pictures comprou os direitos de distribuição do projeto de Michael Mann Sobre a historia da Ferrari e de seu criador, Enzo Ferrari, Noomi Rapace está em negociações para estrelaro filme ao lado de Christian Bale que interpretara Enzo Ferrari o grande magnata italiano. O projeto do longa finalmente conseguiu financiamento e apoio para distribuir o filme na China e em outras parte do mundo.


O Longa adapta o livro de 1991:  Enzo Ferrari: The Man, the Cars, the Races, the Machine, escrito por Brock Yates.

O livro contou Sobre a ascensão de Ferrari, Seu trabalho para Alfa Romeo, primeiro como piloto e em seguida como desenvolvedor, fundando sua própria empresa em 1947, ganhando corridas nos anos 50 e 60, deixando a Fiat lentamente tomar o controle da empresa. Mas também mostrou natureza tirânica e manipuladora de Ferrari, como ele forçou seus motoristas ate a beira da loucura (e até mesmo morte), O ódio em seu casamento que foi crescendo ao longo dos anos e muito mais.

Christian Bale vai interpretar o Criador da Ferrari


Se for feito um acordo Rapace será a esposa de Ferrari, Laura Dominica.



O projeto está de olho em um orçamento de US $ 80 milhões, embora Mann tem uma tendência a estourar o orçamento inicial



A última vez que Mann trabalhou com a Paramount foi em 2004, quando o estúdio lançou Colateral, o filme da DreamWorks estrelado por Tom Cruise e Jamie Foxx.


Fonte: hollywoodreporter

Escolhido o Vilão de John Wick 2

Keanu Reeves está de volta como o assassino protetor dos Animais,, e Common  um rapper e ator americano vai estrelar ao lado da estrela em John Wick 2, quanto musico ele é famoso por fazer canções mais focadas no amor e na espiritualidade do que o dinheiro como a maioria dos rappers faz.


No primeiro John Wick vimos Reeves como um ex-assassino que é forçado a caçar bandidos que invadiram sua casa, bateram nele e mataram seu cachorrinho. Ele volta a um submundo emaranhado de assassinos violentos e mostra a todos que ele não esta para brincadeiras.


Escolhido o Vilão de John Wick 2


Detalhes da trama do novo filme estão sendo mantidos em segredo, mas é certo que Common será o vilão chefe do filme ou um chefe de segurança de uma senhora do crime. antes disso você poderá ver Common no filme de quadrinhos da Warner Bros Esquadrão Suicida, com Will Smith e Jared Leto e anteriormente ele este no filme Noite Sem Fim com Liam Neeson, segundo o site Hollywood Reporter A Lionsgate não quis comentar a escolha.

Fonte: Hollywood Reporter

Nerdópole VS S01E03 - Marvel vs DC

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=flzqQWrmKRM]

Bom Dia Nerdópole, hoje Lançamos Mais um vídeo, desta vez falaremos Sobre as duas Maiores empresas de quadrinho da historia, Marvel e DC, confira 5 motivos para amar a Marvel e 5 Motivos para Amar a DC agora em:

Nerdópole Marvel vs DC


Participantes:


Eduardo Cosso e Marcos "O gênio do Mal"


Campanha Especial: Clique na Imagem e saiba mais!!!





No Nerdópole você é o Patrão sem Gastar um Tostão!





Formas de Contato:


E-mail: contato@nerdopole.com.br


Siga nosso Chat no Vaiber


Nerdópole no Google+


Twiitter: @nerdópole


Facebook: /Nerdópole


Assine Nosso Feed : Nerdópole/feed


Marvel vs DC

Ash vs Evil Dead, confira os primeiros 4 minutos da Serie

Faz apenas 23 anos que  Uma Noite Alucinante 3 o terceiro filme da franquia The Evil Dead estreou, isso em 1992, agora estamos reunidos com Bruce Campbell em Ash vs Evil Dead pelo canal por assinatura Starz, que  neste Halloween trás uma narrativa onde 30 anos terão se passado desde que nosso herói motosserra virou um caçador de monstros em Evil Dead.


E se você quiser conferir um pouco do retorno de Ash, os primeiros quatro minutos da série foram disponibilizados on-line como uma forma de convencer alguém que não paga o canal Starz a se tornar Assinante, o que você acha? estes quatro minutos seriam o suficiente para você assinar uma canal novo em sua grade? Este Ash novo (mais ou menos) consegui passar todo o peso e a historia do personagem? descubra agora em:



Ash vs Evil Dead


Ash vs Evil Dead

Fonte: Slashfilm


[youtube https://www.youtube.com/watch?v=QOQa0btC_Do]

Score 011: Review do Jogo Until Dawn

Score é um Post criado e Alimentado por Valério Gamer que visa apresentar os mais diversos jogos, antigos e novos, de todas as plataformas da forma mais simples e mais objetiva possível, dando notas aos quesitos avaliados durante as seções de jogos, "Lembre-se que a opinião do nosso avaliador esta representada em forma de notas" e hoje:

Review do Jogo Until Dawn


Review do Jogo Until Dawn

Until Dawn - Launch Date Trailer | PS4


[youtube https://www.youtube.com/watch?v=HAKBU7VXdUI]

J. K Rowling contara a oitava história Harry Potter

J. K. Rowling revelou mais detalhes sobre Harry Potter And the Cursed Child, A primeira adaptação teatral oficial da história de Harry Potter que se passara 19 anos após o fim da historia original do livro e será sobre os desafios da família Potter.



 J. K Rowling contara a oitava história Harry Potter


Sinopse:


Sempre foi difícil ser o Harry Potter e não é muito mais fácil agora que ele é um empregado sobrecarregado de trabalho no Ministério da Magia, marido e pai de três filhos em idade escolar.


Enquanto Harry luta com um passado que se recusa em ficar no passado, seu filho mais novo Albus deve lutar com o peso de um legado familiar que ele nunca quis. Com o passado e o presente ameaçando colidir a qualquer momento, pai e filho vão aprender juntos uma desconfortável verdade: as vezes, A escuridão vem de lugares inesperados.


 J. K Rowling contara a oitava história Harry Potter


A peça teatral em duas partes foi escrita por Jack Thorne e será dirigido por Olivier e Tony em colaboração com a própria Rowling.


Rowling- "É muito emocionante explorar o mundo de Harry em uma peça ao vivo no teatro. "A colaboração para que a história aconteça é emocionante para todos nós e mal podemos esperar para apresentar a oitava historia de de Harry Potter no Palace Theatre no próximo verão." A história só existe porque o grupo certo de pessoas reuniu-se com uma ideia brilhante sobre como apresentar Harry Potter no palco, eu estou confiante de que quando o público ver Harry Potter And the Cursed Child vão entender por que escolhemos contar esta história desta forma. "




//platform.twitter.com/widgets.js


Então agora você sabe que não é realmente um prequel: Harry Potter & the #CursedChild se passa 19 anos depois clique no link para mais informações.


Fonte: Theverge


Colaboração: Felipe Santos

Podcast Post 046: Entrevista com o Podcast LEXCast

Alguém já disse na internet que Podcast não é coisa exclusivamente Nerd, embora eu acredite que todo mundo que seja fissurado em algo é nerd de alguma forma. Hoje trazemos um Podcast mais sério, feito por um profissional da área que assim como Stephen Hawking faz em "O universo numa casca de noz" Márcio Etiane Almendros faz no LEXCast, levando com maestria um assunto muitas vezes complicado para os leigos com uma linguagem simples e objetiva, confira agora Nesta:



Entrevista com o Podcast LEXCast


Eduardo Cosso- Primeiramente quero dar parabéns por esse projeto. É interessante passar para os leigos, de forma fácil, as definições do direito, para que todos tenham uma ideia de como funciona o mundo do direito em seu dia a dia. O que te motivou a iniciar esse projeto?


Márcio- Eu já tinha publicado alguns episódios do Papo Filosófico e desde o início daquele projeto os temas jurídicos eram recorrentes. O Papo Filosófico eu comecei a publicar por sentir falta de podcasts com uma temática mais “séria" e onde os assuntos fossem abordados em profundidade.


O LEXCast, por sua vez, nasceu quando eu percebi o interesse e a confusão que as pessoas faziam quando tentavam abordar temas ligados ao Direito. Até mesmo os veículos de impressa fazem muita confusão e acabam por desinformar e confundir muito mais do que informar e esclarecer os assuntos.


Uma outra coisa que me motivou a publicar o LEXCast foi que eu cansei de explicar a mesma coisa verias vezes para verias pessoas diferentes.


EC- Os programas que falam de fatos atuais, explicando para todos o que o acontecimento gera juridicamente falando é muito importante para que todos possam ter uma opinião mais correta do fato. Como você escolhe entre diversos fatos, algum para ser o tema ou inspirar um LEXCast?


Márcio- No início do projeto eu listei 50 tópicos “básicos” e a ideia era ir falando sobre cada um deles em um episódio, mas desde o início surgiram assuntos que “bombaram" na mídia e eu decidi alternar os episódios entre tópicos “mainstream”, tópicos “básicos" e tópicos relacionados à cultura pop com foi o Caso do Episódio sobre Orange is The New Black.


Entrevista com o Podcast LEXCast


EC- Você consegue se manter imparcial por algum fato que você não concorde, só se utilizando das leis vigentes no mundo jurídico? O Lexcast sobre o Silas Malafaia, conseguiu te tirar do sério?


Márcio- Eu me esforço para evitar que o LEXCast se transforme em um podcast panfletário. Então sempre que necessário eu procuro apresentar pelo menos duas “correntes doutrinárias", ou seja, das linhas de argumentação e explicar os argumentos de cada uma e dizer porque eu adoto uma ou outra quando é o caso.


EC- Como é a troca de ideias com os ouvintes, você grava temas que seu público pede? Como você escolhe um assunto, entre tantos temas pedidos?


Márcio- Procuro ter com o público um contato íntimo e direto. Muitos ouvintes foram adicionados ao meu Facebook e alguns temas sugeridos se transformaram em episódio, como foi o caso do “Em Verso e Prosa” e o sobre Terceirização.


EC- Com essa história de possível Impeachment da Dilma, qual é a importância de que as pessoas em geral conheçam juridicamente, o que acontece com esse processo? Afinal, o governo diz que é golpe e a oposição fala que não. Qual sua opinião sobre o assunto?


Márcio- O Direito e a Política estão intimamente ligados. Então toda questão relativa à assuntos de Estado - como é o caso do Impeachment - terá sempre três aspectos: O Social (sociológico) que se refere ao fato em si e suas repercussões na sociedade, o Jurídico que se refere às leis a aos procedimentos para sua aplicação e o Político que se refere às decisões que serão adotadas após um processo de “debates".


Então minha opinião é que juridicamente o Impeachment é uma forma de revogação do mandato eletivo que possui previsão legal e que pode ser utilizada quando for o caso. Já no âmbito político me pare que a oposição “não soube perder” e na prática estamos sim no Terceiro Turno da eleição presidencial. Mas dizer que isso é Golpe, aí já é exagero. Golpe seria se a Dilma fosse afastada de maneira explicitamente ilegal ou mesmo com o uso da força militar ou outro tipo de ação armada.


No aspecto sociológico e econômico isso é ruim para o país, pois passamos ao mundo uma imagem de instabilidade institucional que não existe já que as instituições democráticas estão funcionando e de modo geral não há interferência do Executivo no Judiciário nem no Legislativo. Não fosse o caso as investigações da Polícia Federal já teriam sido suspensas há muito tempo.


Entrevista com o Podcast LEXCast


EC- Seus programas são sempre você gravando sozinho, existe a possibilidade de outras pessoas participarem de um Lexcast ou está bom com só você gravando?


Márcio- Grava sozinho tem a vantagem de eu grava quando eu quero e / ou quando posso, sem ter que sincronizar data e horário com convidados, até de tronar a edição muito mais simples, fácil e rápida.


Porém eventualmente eu recebo convidados nos episódios e estou procurando alternar episódio “solo" e episódio com convidados.


EC- É bem interessante os programas de réplica, como você teve a ideia de começar a os gravar e como vocês escolhe a qual podcast vale a pena responder, já que muito não tem conhecimento jurídico e podem falar alguma inverdade?


Márcio- A ideia das réplicas surgiu quando eu comecei a comentar alguns episódios de podcast que eu ouvia e percebei que meus comentários ficavam gigantescos e que provavelmente não seriam lidos por ninguém rsrs.


Os programas à serem “objetos" de réplica são principalmente os que eu gosto e ouço com frequência e onde eu percebo que os comentários ficaram muito confusos ou mesmo que não correspondem aso conceitos básicos. Foi o caso do episódio em que eu comentei sobre a Teoria do Domínio do Fato, que foi aplicada pelo STF para condenar o Zé Dirceu no mensalão.


Num episódio do Anticast um dos convidados falou algo sobre ela ter sido uma Teoria Criada para “condenar nazistas” após a segunda guerra mundial. Mas isso não é verdade pois ela foi um Teoria Criada muito antes da Guerra que tentava punir os "criminosos do colarinho branco”, pessoas que praticavam apenas crime patrimoniais, que eram apenas os idealizadores dos crimes, mas que na prática não realizavam qualquer ato criminoso. Dá quando eu ouvi o convidado falando aquilo veio a ideia de explicar esse assunto.


Entrevista com o Podcast LEXCast


EC- Na parte do blog e vídeos, você indica outros podcasts e vídeos interessantes, como você escolhe o que colocar nele? Ou é penas mais um complemento aos assuntos por você abordados no Lexcast?


Márcio- Geralmente eu posto vídeos que me são indicados por colegas e professores da Pós-Graduação e que tem alguma relação com o conteúdo do blog ou do tema que estamos estudando na Pós. Já os podcasts e blogs são os que eu sou ouvinte e / o leitor e que eventualmente publicam episódios que tem alguma relação com o conteúdo do LEXCast.


Nerdópole- Agradecemos a presença de Márcio Etiane criador deste Podcast que nos mostra que a Mídia pode e deve levar conhecimento, parabenizamos pelo brilhante trabalho e convidamos todos para conhecer o LEXCast

NerdópoleCast 073: Vitrines - Especial #Diadopodcast

nerdopolecast-vitrines

Assine Nosso Feed:Podcast Sobre Dia do Podcast em 32kPodcast Sobre o Dia do Podcast Zipado



Bom Dia Nerdópole, hoje trazemos o Podcast Sobre o #Diadopodcast para comemorar o dia deste profissional muitas vezes não reconhecido, mas que insiste em levar seu conhecimento ( ou a falta dele) para o publico, falar de historia, ciência, TV, musicas ou simplesmente te fazer rir. Os Podcasters.


Para baixar Podcast Sobra Podcast Sobre O Dia do podcast de Podcast, clique em Download com o botão direito do Mouse, "Salvar como", e escolha o local onde quer baixar"


Host:


Marcos "O gênio do Mal"


Participantes:


Eduardo Cosso


Jairo Vieira


Zaider


Claudio "O Dragão dourado"


Sites dos Participantes e Links Relacionados:


Omegacast


Pixel velho


Putzilla


Pixel Velho 44 – A História da Disney Parte I: Games do Mickey Mouse


Pixel Velho 45 – A História da Disney Parte II: Games do Donald e MUITO MAIS!


Talkzilla – Temporada 01 – Episódio 01


[LagCast] Connection 076 – Histórias dos Laggers nos RPGs


Retronews – Episódio 039


Radio CultCast 05 – Eu sou fanboy/ fangirl


[LagCast] Connection 061 – Pós Apocalipse


Fraseologia 12 – Uma Chinelada não é educar?


[LagCast] Connection 069 – HENTAI!


Omegacast – Episódio 56 – O Bom, O Mal e o Brasileiro


Omegacast – Episódio 31 – “Séquiçu” nas Mídias


[LagCast] Connection 054 – Especial Natal, Fim de Ano 2011 e Aniversário


[LagCast] Connection 047 – Animes tipo Monstros de Bolso


Podtrash 263 – Bolo, guaraná e muitos miolos para vocês!


Podcasteros #23: Episódio 5.03 ‘High Sparrow’


Jurassicast




WhocaresPod







 

Campanha Especial: Clique na Imagem e saiba mais!!!



No Nerdópole você é o Patrão sem Gastar um Tostão!





Formas de Contato:


E-mail: contato@nerdopole.com.br


Siga nosso Chat no Vaiber


Nerdópole no Google+


Twiitter: @nerdópole


Facebook: /Nerdópole


Assine Nosso Feed : Nerdópole/feed


banner podcast nerdopole Itunes

NerdópoleCast 072: Neopaganismo - Os Bruxos Modernos

Assine Nosso Feed:Podcast Sobre Neopaganismo em 32kPodcast Sobre Neopaganismo Zipado



Bom Dia Nerdópole, hoje trazemos o Podcast Sobre Neopaganismo chamamos dois especialistas para nos contar um pouco de suas experiências religiosas, como é reviver um religião antiga e com poucos registros históricos, tudo isso e muito mais agora.


Para baixar Podcast Sobre Neopaganismo, clique em Download com o botão direito do Mouse, "Salvar como", e escolha o local onde quer baixar"


Host:


Marcos "O gênio do Mal"


Participantes:


Mey Linhares


Tiago de Lima


Luiza Ferreira


Fernando Bandeira


Campanha Especial: Clique na Imagem e saiba mais!!!



No Nerdópole você é o Patrão sem Gastar um Tostão!





Formas de Contato:


E-mail: contato@nerdopole.com.br


Siga nosso Chat no Vaiber


Nerdópole no Google+


Twiitter: @nerdópole


Facebook: /Nerdópole


Assine Nosso Feed : Nerdópole/feed


banner podcast nerdopole Itunes

Podcast Post 045: Entrevistamos o Podcast Mais 1 Cast

Ola amigos, neste nosso projeto de apresentar ao mundo o trabalho de vários Podcasts descobrimos ideia ruins, ideias boas e ideias fantásticas, hoje vamos apresentar uma Ideia fantástica, um Podcast que uma primícia muito simples que consegue agradar a todos que descobrem o programa com vocês os amigos Riky e Diogo para o papo de hoje onde:



Entrevistamos o Podcast Mais 1 Cast


Nerdópole- Vocês vieram com proposta de ser apenas mais um cast, ou existem ambições muito maiores para o projeto?


Riky - Quando comecei a ouvir podcasts, eu costumava, a cada vez que encontrava um novo e assinava o feed, dizer que tinha encontrado “Mais um cast”. Isso em meados de 2009. Quando, em 2012, decidi criar o meu, achei que o melhor nome seria esse.


Nerdópole- Como vocês se conheceram? Todos já eram amigos ou se encontraram e com os mesmos interesses resolveram lançar o podcast?


Riky - Eu já conhecia o Diogo por meio de podcasts mesmo e já sabia que ele tinha o “feeling” de gravação, resolvi, então, convidá-lo para compor a equipe. O Rafa me foi apresentado por uma ouvinte num momento de desfalque da equipe anterior.


Nerdópole- É de se notar que que o tempo que cada programa dura é bem menos que a média dos podcasts brasileiros, como vocês decidiram o tempo de cada programa? Já foi pensado ou apenas aconteceu?


Riky - O Mais1Cast é um podcast que não segue muito as regras pré-definidas pelos “gurus podcastais”. Nossa intenção é fazer um programa divertido primeiramente para nós mesmos. Por isso não tem muita métrica. Basicamente gravamos uma conversa entre amigos e publicamos.


Entrevistamos o Podcast Mais 1 Cast


Nerdópole- Como é montada a pauta de cada programa? Vocês tem algum limite do que vão falar em cada programa ou quanto mais bizarro, melhor?


Riky - Na verdade, nossas “pautas” são notícias que, no começo, procurávamos pela Internet. Hoje muitos ouvintes nos mandam notícias para comentarmos. Quanto ao limite do que falar, tentamos ao máximo não ofender ninguém diretamente. Sempre rolam umas agulhadas, mas nunca recebemos uma reclamação ou processo. Então acho que ainda estamos dentro dos limites! *rs


Nerdópole- Sendo o Mais1Cast um programa de humor, qual é o diferencial do programa de vocês para outros podcasts de humor no Brasil?


Diogo -Não fazemos humor gratuito, filtramos nossas notícias com base na crítica do absurdo, uma maneira de ironizar os portais de notícias vazias em busca do esdrúxulo, o que claro, tratamos com humor, acredito que esse seja o nosso diferencial para os podcasts de humor aberto. Assim como quando fazemos sobre outros temas, pesquisamos antes de gravarmos sobre, falhas e sucessos.


Nerdópole- Gosto muito da qualidade de áudio do podcast, desde o começo do podcast, como vocês conseguem manter essa qualidade mesmo depois de alguns anos do primeiro cast?


Riky - Prezamos muito pela qualidade do áudio, até por isso fazemos as nossas gravações em trilhas separadas para evitar que o áudio de qualquer um da equipe seja comprometido por conta de conexão com a Internet. É um método meio recriminado na podosfera, mas continuamos preferindo assim já que temos alcançado algo próximo do que julgamos uma boa qualidade. Sempre tem o que melhorar, mas aos poucos chegamos lá!


Entrevistamos o Podcast Mais 1 Cast


Nerdópole- No episódio 47, vocês tentaram mudar o formato normal do podcast, a experiência foi positiva? Vocês vão fazer mais programas do tipo?


Riky - Sim! Já tínhamos a ideia de fazer, esporadicamente, um programa temático. Então, quando voltamos depois de uma pausa, trouxemos esse programa (47) com um teor um pouco mais crítico mas mesmo assim bem humorado. O feedback foi muito bom, tanto é que repetimos a experiência no episódio 49, onde falamos da morte das celebridades.


Nerdópole- Do episódio 41 para o 42, o Mais1Cast teve uma pausa de alguns meses, esse tempo vocês repensaram em continuar o projeto? O que mudou nesse período para vocês?


Riky - Jamais pensamos em abandonar o podcast, nos divertimos muito gravando. E acho que esse é um aspecto importante de qualquer programa, a equipe tem que se divertir fazendo-o. Nesse período de recesso, tivemos complicações com agendas e aí aproveitamos pra colocar o lado criativo pra trabalhar em prol de melhorar o podcast. Acho que conseguimos. Voltamos com uma nova proposta além da tradicional e com melhorias no áudio e edição do programa.


Nerdópole- O que vocês esperam para o futuro do podcast? Vão mudar o estilo ou o resultado está sendo realmente satisfatório?


Riky - Tudo na Internet está em constante transformação. Seja o comportamento do público consumidor de conteúdo ou no modo como se produz conteúdo e é preciso se adequar as mudanças. Por isso é difícil dizer que não mudaremos. Se sentirmos que nosso público quer ouvir uma coisa diferente no nosso programa, vamos fazer as mudanças que forem necessárias. O que com certeza não vai mudar é o modo como fazemos o nosso podcast. Nos vídeos do Youtube ou nos podcast, tem centenas de pessoas fazendo programas parecidos, com formatos parecidos, o que atrai o público para um ou para outro, é a abordagem, a opinião, o modo como cada um trata um assunto e ISSO não pode mudar.


Entrevistamos o Podcast Mais 1 Cast


Nerdópole- Qual a dica que vocês dariam para quem quer começar a gravar um podcast voltado para o humor? Ou é melhor que eles desistam, pois é algo realmente complicado, hehe?


Diogo -Pense muito antes de fazer humor, é perigoso, é preciso ponderar nas piadas e controlar indiretamente o que pode ir para o ar, houveram episódios que poderíamos perfeitamente ser processados se algumas coisas fossem ao ar. Outro ponto importante, não tenham medo de criticar, a crítica é importante e natural, sem ela as coisas não evoluem ou melhoram.


Riky - No mais, eu aconselho que façam, tirem do papel ou da ideia e executem. Humor é uma coisa quase visceral. Todos fazemos piadas num grupo de amigos, todos temos uma ideia diferente sobre algo que já foi dito. Apenas faça. Além de expor sua ideia para mais pessoas, é provável que você colabore para o crescimento do podcast como mídia.


Nerdópole- Alguma consideração final?


Mais1Cast- Sim! Quero agradecer muito a galera do Nerdópole pelo convite. Saibam que fiquei de fato muito feliz em poder deixar umas palavrinhas aqui. Gostaria de agradecer a toda a galera que ouve o Mais1Cast e a VOCÊ que vai lá no nosso blog agora ouvir nosso podcast. Você vai né? Se você curte saber de coisas que acontecem no mundo e que quase ninguém comenta e de quebra rir bastante, corre lá e dá o PLAY.


Valeu, Nerdópole! Abraços a todos.

NerdópoleCast 071: A Chave Mestra

Assine Nosso Feed:Podcast Sobre o filme A Chave Mestre em 32kPodcast Sobre o filme A Chave Mestre Zipado



Bom Dia Nerdópole, hoje trazemos o Podcast Sobre o filme A Chave Mestre, falamos Sobre os acertos e erros deste filme, discutimos principalmente o final do filme que muitos amam e muitos odeia.


Para baixar Podcast Sobre o filme A Chave Mestre, clique em Download com o botão direito do Mouse, "Salvar como", e escolha o local onde quer baixar"


Media Final: 3,00


Host:


Marcos "O gênio do Mal"


Participantes:


Eduardo Cosso


Jairo Vieira


Marcelo Reina


Macgaren


Sites do Participantes:


Pixel Velho

Tio Urudi

Sinopse A Chave Mestre:


Caroline Ellis (Kate Hudson) é uma jovem que acompanha doentes terminais, com o objetivo de juntar dinheiro para poder cursar a escola de enfermagem. Em um de seus trabalhos ela aceita acompanhar um senhor inválido, Ben Devereaux (John Hurt), que mora com sua esposa Violet (Gena Rowlands) em um terreno isolado na cidade de Nova Orleans. O local é famoso pela quantidade de cerimônias místicas lá realizadas, mas Caroline não acredita nestas crendices. Ben sofreu um derrame recentemente, que o deixou praticamente paralisado e mudo. Para que Caroline possa percorrer a casa à vontade, Violet lhe entrega uma chave mestra que abre todas as portas. Porém em suas andanças ela encontra uma porta escondida, localizada atrás de uma estante e no fundo do sótão. Caroline abre a porta com a chave mestra e lá encontra várias antiguidades, espelhos que foram retirados de todos os demais cômodos e ainda artefatos aparentemente ligados à prática de algum tipo de magia.

Campanha Especial: Clique na Imagem e saiba mais!!!






No Nerdópole você é o Patrão sem Gastar um Tostão!





Formas de Contato:


E-mail: contato@nerdopole.com.br


Siga nosso Chat no Vaiber


Nerdópole no Google+


Twiitter: @nerdópole


Facebook: /Nerdópole


Assine Nosso Feed : Nerdópole/feed


banner podcast nerdopole Itunes

Anime-se 038: Critica ao Anime BTOOOM

Anime-se foi um post criado por Marcos " o gênio do mal" e Alimentado por Eduardo Cosso que tem a finalidade de Indicar bons animes e apresentar Animes ruins, de um forma simples e pratica, dando nota nos principais Quesitos de uma obra, toda nota é pessoal e como sempre a nossa opinião você pode Seguir o ignorar!



Tabela:


Critica ao Anime BTOOOMAnime: BTOOOM!
Tema: Ação, Sci-Fi, Psicologico, Seinen
Autor: Jun'ya Inoue
Direção: Kotono Watanabe
Estúdio: Madhouse
Emissoras de TV Japão: Tokyo MX
Exibição original: 4 de outubro de 2012 até 21 de dezembro de 2012
Quantidade de Eps: 12
Faixa Etária: 16 anos


Critica ao Anime BTOOOM


Quesito    Notas
Originalidade do tema    8
Abertura música/vídeo    10
Primeira Impressão    10
Apresentação dos personagens    10
Desenvolvimento do herói    10
Desenvolvimento do vilão    10
Desenvolvimento coadjuvante    10
Ritmo    10
Desenvolvimento da história    9
Episódios files    10
Quantidade de Personagens    10
Novas ideias durante a série    10
Quantidade de Episódios    6
Arte do anime    10
O quanto o anime de prende    10
Desfecho de temporada    10
Desfecho final    7
Episódio Final    10
Marketing do Anime    10
Média:     9,47


Critica ao Anime BTOOOM


Para quem gosta de um anime com violência, estratégia, sobrevivência e o melhor, com muita coisa escondida por trás, não deixe de assistir Batooom!, excelente anime com um gore considerável, além de personagens carismáticos e algumas reviravoltas que explodem seu cérebro.
Indicado para quem está acostumado com animes como Mirai Nikki, Evangelion, Steins; Gate, entre outros. O único problema é que só teve uma temporada, merecia mais episódios, para que todo o mistério fosse revelado.
Um protagonista falho, que pode ser considerado um inútil para a sociedade, tem que se superar para sobreviver a toda a violência da ilha que as pessoas têm que matar umas às outras, utilizando vários tipos de granadas tecnológicas.
Por incrível que pareça, no anime existem personagens bons, mas muitos só parecem, não se pode confiar em ninguém, para não ser assassinado por outro personagem. É uma bela pedida para acabar com o estresse do dia a dia, vendo carnificina e estratégias que podem significar vida ou morte para os personagens do anime.
Critica ao Anime BTOOOM

Score 010: Review do Jogo One Piece Pirate Warriors 3

Score é um Post criado e Alimentado por Valério Gamer que visa apresentar os mais diversos jogos, antigos e novos, de todas as plataformas da forma mais simples e mais objetiva possível, dando notas aos quesitos avaliados durante as seções de jogos, e hoje:

 Review do Jogo One Piece Pirate Warriors 3


 Review do Jogo One Piece Pirate Warriors 3

One Piece Pirate Warriors 3 - PS4/PS3/PS Vita/Steam - Dressrosa (English Trailer)


 


[youtube https://www.youtube.com/watch?v=hU5hRqQ1bjM]

Ame ou Deixe-o - 5 Razões para você ver e 5 para não ver o filme, Pixels

Adam Sandler Sempre é e sempre será motivo de muita discussão, o Ator tem fama de estragar ou quase os filmes que estrela, porem isso muita vezes pode tirar sua vontade de assistir um filme bom, não o melhor filme do mundo claro, mas algo que não é esta porcaria toda que a midia pintou, para você 4 Razões para você ver e 5 para não ver o filme nesta:



Critica ao filme Pixels


Pixels (2015)
Data de lançamento: 24 de julho de 2015 (EUA)
Direção: Chris Columbus: (Esqueceram de mim e Harry Potter e a Pedra Filosofal)
Astro: Adam Sandler (A Herança de Mr. Deeds e Um Maluco no Golfe)
Sinopse pelo Adoro Cinema: A humanidade sempre buscou vida fora da Terra e, em busca de algum contato, enviou imagens e sons variados sobre a cultura terrestre nos mais diversos satélites já lançados no universo. Um dia, um deles foi encontrado. Disposta a conquistar o planeta, a raça alienígena resolveu criar monstros digitais inspirados em videogames clássicos dos anos 1980. Para combatê-los, a única alternativa é chamar especialistas nos jogos: Sam Brenner (Adam Sandler), Eddie Plant (Peter Dinklage), Ludlow Lamonsoff (Josh Gad) e a tenente-coronel Violet Van Patten (Michelle Monaghan).



Critica ao filme Pixels
Ame:


Esse filme faz inúmeras referências aos jogos clássicos, como Pacman, jogo da cobrinha, entre outros clássicos dos árcades, achar as referências que são muitas torna o filme delicioso para os nostálgicos.


É bem interessante notar nas cenas de destruições, vermos objetos se transformarem em pequenos cubos. Tudo fica pixelado, o que é muito diferente e divertido de se ver.


O filme tem um bom ritmo, as cenas de ação são bem interessantes, assim como os efeitos visuais que são propositadamente um pouco mal feitos, que é para se igualar aos games clássicos.


Adam Sandler tem a mesma cara que quase todos os filmes de comédia, é bem o estilo dele, se você quer assistir algo que já conhece, é uma excelente pedida.


Q*bert é uma personagem muito famosos de games clássicos, sua presença no filme é muito legal, só por causa dele, já vale o ingresso do filme.


Critica ao filme Pixels

Deixe-o:


Apesar do tema de nostalgia gamer, o filme é mais uma comédia de Adam Sandler, que interpreta ele mesmo.


O filme não apresenta nenhuma novidade, se assistir aos filmes do gênero dos anos 90, parece que a produção pulou alguns anos para ser lançado agora.


O roteiro é mais raso que um pires, os personagens são estereotipados ao máximo, não fazendo a gente sentir medo por eles nas cenas de perigo.


O filme poderia ser mais curto, as poucas novidades mostradas pelo roteiro não permitiriam uma metragem tão extensa.


Faltou um pouco mais de personagens e games diferentes para referenciar, parece que não teve interesse das produtoras em deixar seus jogos aparecerem nesse filme.

NerdópoleCast 070: X-Men Dias de um Futuro Esquecido - Vampira

Assine Nosso Feed:Podcast X-men Dias de um Futuro Esquecido em 32kPodcast X-men Dias de um Futuro Esquecido Zipado



Bom Dia Nerdópole, hoje trazemos o Podcast X-Men Dias de um Futuro Esquecido versão Vampira, Porque a versão que vemos no cinema muitas vezes não é a versão que o roteirista e direto pensaram? O que muda na historia com este final diferente? quem morre antes que passou a morrer depois? entendam tudo isso em mais um Podcast sobre Super-heróis.


Para baixar o Podcast X-men Dias de um Futuro Esquecido versão Vampira, clique em Download com o botão direito do Mouse, "Salvar como", e escolha o local onde quer baixar"


Media Final: 3,1


Host:


Marcos "O gênio do Mal"


Participantes:


Eduardo Cosso


Maveryk


Macgaren


Sites do Participantes:



Aracnofa


Campanha Especial: Clique na Imagem e saiba mais!!!






No Nerdópole você é o Patrão sem Gastar um Tostão!





Formas de Contato:


E-mail: contato@nerdopole.com.br


Siga nosso Chat no Vaiber


Nerdópole no Google+


Twiitter: @nerdópole


Facebook: /Nerdópole


Assine Nosso Feed : Nerdópole/feed


banner podcast nerdopole Itunes