quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Anime-se 037: Critica ao Anime Os Cavaleiros do Zodíaco: Alma de Ouro

Anime-se foi um post criado por Marcos " o gênio do mal" e Alimentado por Eduardo Cosso que tem a finalidade de Indicar bons animes e apresentar Animes ruins, de um forma simples e pratica, dando nota nos principais Quesitos de uma obra, toda nota é pessoal e como sempre a nossa opinião você pode Seguir o ignorar!



Tabela:


Critica ao Anime Os Cavaleiros do Zodíaco: Alma de OuroAnime: Saint Seiya: Soul of Gold - Os Cavaleiros do Zodíaco: Alma de Ouro
Tema: Shonen, artes marciais, drama, ficção mítica
Direção: Takeshi Furuta
Roteiro: Toshimitsu Takeuchi
Música: Toshihiko Sahashi
Estúdio: Toei Animation
Lançamento: 11 de abril de 2015 a 26 de setembro de 2015
Quantidade de Eps: 13
Faixa Etária: 10 anos


Critica ao Anime Os Cavaleiros do Zodíaco: Alma de Ouro


Quesito    Notas
Originalidade do tema    5
Abertura música/vídeo    8
Primeira Impressão    8
Apresentação dos personagens    7
Desenvolvimento do herói    8
Desenvolvimento do vilão    8
Desenvolvimento coadjuvante    8
Ritmo    7
Desenvolvimento da história    8
Episódios files    8
Quantidade de Personagens    9
Novas ideias durante a série    10
Quantidade de Episódios    9
Arte do anime    8
O quanto o anime de prende    8
Desfecho de temporada    9
Desfecho final    9
Episódio Final    10
Marketing do Anime    10
Média    8,26


Critica ao Anime Os Cavaleiros do Zodíaco: Alma de Ouro


Após o sucesso comercial de Saint Seiya Ômega, a Toei resolveu produzir uma nova série, mais curta, com exibição quinzenal, utilizando o apelo que os Cavaleiros de Ouro têm para os fãs da saga dos cavaleiros. Algo que nunca aconteceu é os fãs assistirem todos os guardiões das 12 casas lutando juntos, isso mais ou menos foi o que aconteceu.
O anime pode não ser a melhor coisa que já produziram, afinal, hoje em dia a violência é bem mais contida do que na época do original. Mas além de juntar todos em uma mesma luta, vimos as armaduras de ouro deusas, claro que isso foi feito para se produzir e vender mais action figures diferentes e claro, mais caras.
Porém o anime teve seus momentos, que mesmo ficando estranhos, como a personalidade do Máscara da Morte e de Afrodite, se bem que isso já foi ensaiado na saga de Hades. Mas até que foi bem interessante. O que faltou foi uma maior interação entre os cavaleiros de ouro e é claro, um vilão de mais peso.
Lost Canvas tinha muito mais qualidade, assim como o Episódio G poderia ser uma adaptação bem mais interessante, mas eles investiram em um projeto original. No Brasil na Comic Com, fizeram lançamento exclusivo do trailer do anime, trouxeram uma armadura em tamanho real, só falta o anime ser exibido em nosso idioma. Vale a pena conferir, mas não vá esperar algo maravilhoso, pois infelizmente não o é.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário