quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Cripta M : Critica ao filme A Fronteira (Frontière)

Cripta M, São posts voltado a indicação de filmes de terror e horror, para você que gosta de sentir medo, Alimentado por Monik Freitas  nesta primeira Indicação trazemos:



Critica ao filme A Fronteira (Frontière)


Critica ao filme A Fronteira


A Fronteira (Frontière) 2008, França
Elenco: Karina Testa, Aurélien Wiik, Patrick Ligardes, Samuel Le Bihan, Estelle Lefébure, David Saracino, Chems Dahmani, Maud Forget, Amélie Daure, Rosine Favey, Adel Bencherif, Joël Lefrançois, Patrick Ligardes
Trilha sonora: Jean-Pierre Taieb
Diretor: Xavier Gens


Originalidade do Tema 9
Trilha Sonora 5
Desenvolvimento dos personagens 10
Desenvolvimento do filme 10
Herói 10
Vilão 10
Coadjuvantes 9
Cenas de terror 10
Desfecho final 10
O quanto fiquei impressionado (a) 10


Critica ao filme A Fronteira


A França está um caos total, de acordo com Xavier Gens (Hitman), esse foi o cenário escolhido para o início do filme. Yasmine é uma jovem grávida que com a ajuda de amigos que estão sendo perseguidos pela polícia, por fazerem parte de uma gangue que assalta bancos. Durante a perseguição policial, Yasmine perde o irmão baleado pela polícia, isso a deixa traumatizada, fazendo com que por alguns minutos ela perca chão. Depois de muito pensar, o grupo decidi fugir com o dinheiro para Holanda, onde Yasmine irá fazer o aborto.
Yasmine e seus amigos marcam de se encontrar em um albergue muito freak na fronteira de Luxemburgo, onde vivem nazistas canibais. À partir daí, começa a desgraceira.
Na hora que assisti esse filme me lembrei do Massacre da Serra Elétrica, porque tem pessoas matando com machado e se alimentando de carne humana, pessoas deformadas, incesto... Eu sei que não tem incesto no Massacre, mas nesse filme tem.
O Xavier soube conduzir o filme como ninguém, você fica tenso e torce realmente para a mocinha se dar bem no final, mesmo os coadjuvantes tendo um desenvolvimento excelente, parece que a moça está sozinha (ou eu me apeguei demais a personagem pelo fato estar grávida).
Filmes franceses nunca deixam a desejar, ainda mais se for de horror.
Vai, assiste e me conta.


[youtube https://www.youtube.com/watch?v=N_I3zv997qg]



Visite também Menina dos contos (mas só se você tiver mais de 18 anos) Blog da Monik

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário