WHAT'S NEW?
Loading...

Podcasts Podcast 042: Entrevista com o Podcast Los Chicos

Mas uma semana começando e mais uma brilhante entrevista no ar, hoje vamos conhecer os Podcast Los Chicos "O Podcast mais Improvisado do Mundo"  Com um site repleto de Novidades a toda hora e um trabalho excepcional em seus Podcasts, apresentamos agora:



Entrevista com o Podcast Los Chicos


Nerdópole- Temos vários podcasts de humor com debate e informações, gostaria de saber, qual é o diferencial do Los Chicos para os podcasts desse estilo já existentes?


 Los Chicos- O Los Chicos é, antes de mais nada, um ponto de encontro de amigos (novos ou de longa data) e talvez essa seja um diferencial.
Certa vez um amigo (dos novos) nos definiu como um grupo de amigos que fica trocando ideias. Assim tentamos manter um clima onde o ouvinte se identifique, e por que não, sinta-se a vontade para participar das nossas conversas, desde e-mails ou comentários até com participações nas nossas gravações, o que é algo que ocorre frequentemente.
Além do que já foi citado, o que mais nos difere dos podcasts de humor já existentes é o Chico News, nosso programa quinzenal de notícias, onde a gente pega as piores e mais irrelevantes notícias da internet e fazemos piadas sobre.


Entrevista com o Podcast Los Chicos


NP- Nos explique o porquê da escolha do nome e se tiveram outros nomes para batizar o podcast e quais seriam.


LC- Tudo começou quando o Uxo falou com o Bonilla a respeito de criar um podcast para contar as histórias do cotidiano.
Como os principais assuntos debatidos em suas conversas eram os “dramas” da vida de quem namora e a dureza que era conviver em ambientes onde as mulheres eram a maioria o nome do podcast deveria remeter a esses problemas com mulheres. Como na maioria dos casos as encrencas vivenciadas eram por conta da temida TPM, surgiu o termo Chico, fazendo uma alusão à menstruação. Para não ficar tão vulgar, durante um pequeno brainstorming (um pastel na feira), o Uxo resolveu dar uma “latinizada” no termo e assim surgiu o Los Chicos. Consequentemente daí surgiu a inspiração para os apelidos latinos, abertura do podcast e tema do site.


NP- Gostaria da definição dos podcasts Pauta, Chico News e Chicos Show? como surgiu a ideia dessa divisão?


LC- No início a nossa ideia era só ter o podcast de pautas, mas um dia por falta de participantes resolvemos improvisar e comentar notícias estranhas da internet. Devido ao sucesso que foi esse episódio, resolvemos adotar esse formato e transformar em uma nova vertente do Los Chicos, e para diferenciar dos nossos podcasts normais, nomeamos como Chico News


O Chico News acontece intercalado com nossas pautas, onde comentamos notícias absurdas da internet. O Chicos Show é uma ideia que sempre quisemos pôr em prática, e é um programa de auditório com jogos entre os participantes, e como vai ser algo frequente, também entrou na divisão.


NP- Na parte de Gameplay, como vocês escolhem os jogos a serem jogados? Qual é a finalidade principal dos vídeos do Chicos Play?


LC- No começo a gente só tinha o podcast, e nosso site e redes sociais tinham conteúdo uma vez por semana, no lançamento dos podcasts. Para termos mais conteúdo, tivemos a ideia do gameplay, para movimentar mais nosso site e divulgar nosso conteúdo em outras mídias. A ideia do que jogar vem dos integrantes, temos uma lista de jogos que gostamos e escolhemos a partir de lá, priorizando jogos mais antigos pois todos somos fanáticos por games nostálgicos.


Entrevista com o Podcast Los Chicos


NP- Ainda nessa parte, é legal o Game a dois, essas parcerias são muito interessantes. Como funciona a interação do Chicos Play para o Game a dois?


LC- O Games a Dois Henri e da namorada dele, a Stacy. O Henri é irmão de um de nossos integrantes, o Bruno (Esteban), e tanto ele quanto a Stacy  participam de forma ativa do Los Chicos. O Henri já editou alguns de nossos episódios e participou de alguns Chicos Play e podcasts, enquanto a Stacy participa enviando notícias para o Chico News. A integração entre os dois canais é grande, pois o Bruno também participou de alguns vídeos do Games a Dois, tanto jogando quanto dando ideias de conteúdos, e por isso eles foram adicionados à nossa seção de gameplays. Os canais se diferenciam no fato de o Chicos Play focar em games antigos, enquanto o Games a Dois foca em jogos mais atuais. Um fato interessante do Games a Dois é que o Henri joga junto com a namorada dele, a Stacy,


NP- Como é manter o podcast junto com críticas, colunas, matérias? Existe a possibilidade de reunir tudo isso em formato podcast?


LC- O site começou a ter esse tipo de conteúdo após 3 meses de existência do podcast. Tentamos fazer esse formato de conteúdo para o site ter mais movimento e as pessoas, através do site, conhecerem o podcast. Esse tipo de conteúdo do site é algo que nos interessa mais e que sabemos que é o que o público de podcast acaba procurando mais. Para trazer esse tipo de conteúdo para o podcast é mais difícil, todos os integrantes tem gostos muito distintos, e não conseguimos achar algum padrão para comentarmos sobre games, filmes e etc. Resolvemos manter nosso podcast no humor e em histórias do cotidiano, e deixar a parte de cultura pop apenas no site.
Claro, que não estamos engessando nem o site, nem o podcast. Mas ter as duas opções faz com que consigamos produzir mais conteúdo, o que pode atingir a públicos diferentes.


NP- Na parte de notícias, existem algum integrante do site que as procura diariamente, ou a notícia quando é encontrada e vale a pena, vocês escrevem sobre ela?


LC- Nas notícias temos um integrante que acessa sites internacionais diariamente, e quando encontra algo relevante ele traduz, adapta e posta no site. Para as notícias buscamos sempre algo atual, enquanto para críticas e artigos não temos essa limitação e deixamos em aberto para qualquer conteúdo, seja atual ou clássico.


NP- Existe algum objetivo que o Los Chicos perseguem e que ainda não alcançaram? Por enquanto, estão satisfeitos com a atual situação do projeto?


LC- Nosso objetivo é sempre crescer, alcançar um público maior no site e aumentar a quantidade de ouvintes. Queremos nos tornar uma espécie de portal de conteúdo variado, e esperamos nos tornar referência em entretenimento na internet.


Queremos também mais interação dos ouvintes com a gente, que no momento é bem pouca e isso é algo que nos deixa insatisfeitos.


Entrevista com o Podcast Los Chicos


NP- Como foi definida a periodicidade dos podcasts? Existe algum limite de duração de um podcast?


LC- Quando tivemos a ideia do podcast, pensamos em fazer mensalmente, com uma duração maior, depois a ideia foi de a periodicidade ser quinzenal, pois nenhum dos integrantes sabia editar e dependíamos de outra pessoa para isso, além de haver poucas ideias de pautas no começo. Um dia quando formos gravar e metade dos integrantes não apareceu, resolvemos pegar uma pauta mais leve, onde comentamos notícias bizarras, e como foi uma pauta fácil de fazer e editar, criamos o Chico News e decidimos que seria possível manter nossa periodicidade semanal. O que ajudou a manter essa periodicidade foi o fato de que, aos poucos, os integrantes do Los Chicos começarem a aprender a editar e agora termos 4 pessoas na edição (Uxo, Esteban, Bonilla e Bem). No começo a duração não era definida, porém agora que temos uma estrutura, definimos que nossos episódios tem o mínimo de 50 minutos e o máximo de 1 hora e 20.


NP- Vocês conseguiriam manter a audiência se o site não tivesse o podcast? Ou apenas podcast junto com o conteúdo escrito é que formam o Los Chicos?


LC- O podcast existia sem o site, porém para buscar mais ouvintes fizemos o site. Agora estamos em uma fase que ambos conseguem manter-se de forma independente. No site tentamos levar as pessoas pro podcast, e no podcast falamos do site para ganhar leitores, para ambos crescerem juntos.


NP-  Considerações Finais?


LC- Amigos do Nerdópole, agradecemos a oportunidade de podermos contar um pouco da nossa história e desse nosso podcast maluco! Ficamos felizes em termos um site como o Nerdópole se interessando pelo nosso podcast, e torcemos para que isso se torne uma parceria de longa data. Abração!



Equipe Los Chicos


Bruno Esteban, Caio Uxo, Nil Bonilla, Raul Pino, Rogério Bem,, Glauber Glomer

NerdópoleCast 065: Mad Max- Estrada da Fúria

Assine Nosso Feed:Podcast Mad Max- Estrada da Fúria em 32kPodcast Mad Max- Estrada da Fúria Zipado



Bom Dia Nerdópole, hoje trazemos o Podcast Mad Max- Estrada da Fúria,  saiba nossa opinião sobre a mais nova obra de George Miller, e descubra os defeitos e qualidades desta obra pós-apocalíptica.


Para baixar o Podcast Mad Max- Estrada da Fúria, clique em Download com o botão direito do Mouse, "Salvar como", e escolha o local onde quer baixar"


Media do Filme : 3,45 vai pra lá, 3,45 vem pra cá..


Host:


Marcos "O gênio do Mal"


Participantes:


Eduardo Cosso


Tiago de Lima Castro


Macgaren


Sinopse do Filme:


Após ser capturado por Immortan Joe, um guerreiro das estradas chamado Max (Tom Hardy) se vê no meio de uma guerra mortal, iniciada pela Imperatriz Furiosa (Charlize Theron) na tentativa se salvar um grupo de garotas. Também tentanto fugir, Max aceita ajudar Furiosa em sua luta contra Joe e se vê dividido entre mais uma vez seguir sozinho seu caminho ou ficar com o grupo.


Campanha Especial: Clique na Imagem e saiba mais!!!






No Nerdópole você é o Patrão sem Gastar um Tostão!





Formas de Contato:


E-mail: contato@nerdopole.com.br


Siga nosso Chat no Vaiber


Nerdópole no Google+


Twiitter: @nerdópole


Facebook: /Nerdópole


Assine Nosso Feed : Nerdópole/feed


banner podcast nerdopole Itunes

Anime-se 034: Critica ao Anime Naruto

Anime-se foi um post criado por Marcos " o gênio do mal" e Alimentado por Eduardo Cosso que tem a finalidade de Indicar bons animes e apresentar Animes ruins, de um forma simples e pratica, dando nota nos principais Quesitos de uma obra, toda nota é pessoal e como sempre a nossa opinião você pode Seguir o ignorar!



Tabela:


Critica ao Anime Naruto


Nome do Anime: Naruto
Tema: Shonen, ação, aventura, comédia e drama
Direção: Hayato Date
Roteiro: Katsuyuki Sumisawa 1 ao 132 e Junki Takegami 133 ao 220
Estúdio: Studio Pierrot
Emissoras de TV Japão: Animax e TV Tokyo
Exibição original: 3 de outubro de 2002 à 8 de fevereiro de 2007
Quantidade de Eps: 220
Faixa etária: 12 anos


Critica ao Anime Naruto


Quesito e Notas
Originalidade do tema    8
Abertura música/vídeo    10
Primeira Impressão    10
Apresentação dos personagens    10
Desenvolvimento do herói    10
Desenvolvimento do vilão    10
Desenvolvimento coadjuvante    9
Ritmo    8
Desenvolvimento da história    7
Episódios filles    0
Quantidade de Personagens    10
Novas ideias durante a série    10
Quantidade de Episódios    6
Arte do anime    8
O quanto o anime de prende    9
Desfecho de temporada    10
Desfecho final    10
Episódio Final    10
Marketing do Anime    10
Média final    8,68


Esse anime que é uma febre mundial, uma das mais amadas animações dos últimos tempos no mundo inteiro. No início, era uma grande aclamação, porém, com os constantes fillers, a série foi perdendo força, tudo para ter mais episódios e prolongar a duração da série, mesmo tendo roteiros sem graça.
Quando faz a adaptação do mangá, o resultado é bem competente, mas isso fez com que a média do anime caísse um pouco, pois são fillers mal utilizados, nem podemos falar dos fillers da próxima saga, que chega a ser extremamente irritante.
Mas os personagens são muito bem construídos, os passados deles são muito bem construídos, e personagens mais secundários tem uma função importante, principalmente no quesito ação da série. Quando entra na ação, o anime é bem competente, juntando as histórias fortes das personagens é um show à parte.
Se tirarmos os fillers, é um anime que não pode deixar de ser assistido, prende a atenção de quem o está vendo, temos nossos personagens preferidos e torcemos por eles. Não é uma obra infantil, existe muita coisa mais barra pesada, se puder o assistir, pulando a enrolação, vão conhecer um excelente anime, recomendo pular tudo que é filler, que deixa os personagens fracos e a história arrastada, Jump acertando de novo.

Score 005: Review do Jogo GODZILLA The Game

Score é um Post criado e Alimentado por Valério Gamer que visa apresentar os mais diversos jogos, antigos e novos, de todas as plataformas da forma mais simples e mais objetiva possível, dando notas aos quesitos avaliados durante as seções de jogos e hoje:

Review do Jogo GODZILLA The Game


Review do Jogo GODZILLA The Game

Trailer do Jogo:


[youtube https://www.youtube.com/watch?v=xT-gs7bUlic]

Nerdópole VS: S01E02 - Arrow

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=U6-XDirgKmM]

Bom Dia Nerdópole, hoje Lançamos Mais um vídeo, desta vez falaremos de Errou, Arrou... ARROW, esta Serie que todo DCnauta Ama, confira agora em nossa:


Critica a Serie Arrow


Participantes:


Eduardo Cosso e Marcos "O gênio do Mal"


Campanha Especial: Clique na Imagem e saiba mais!!!





No Nerdópole você é o Patrão sem Gastar um Tostão!





Formas de Contato:


E-mail: contato@nerdopole.com.br


Siga nosso Chat no Vaiber


Nerdópole no Google+


Twiitter: @nerdópole


Facebook: /Nerdópole


Assine Nosso Feed : Nerdópole/feed


Critica a Serie Arrow

Podcast Post 041: Entrevista com o Podcast Canal 42

Convidamos hoje Bruno Costa dos Cinéfilos, (e de vários outros incríveis projetos) para falar de sua mais nova empreitada, algo que consideramos mais Desafiador que tudo, Séries, porque muitas vezes é preciso assistir de 20 a 25 Episódios para fazer um programa ainda mais com um Podcast Semanal é preciso muita garra e coragem; com vocês:



Entrevista com o Podcast Canal 42


Membros:


Bruno Costa, Jurandir Filho e Ricardo Rente

Nerdópole- No meio de tanto podcast sobre séries, como que ocorreu o surgimento do Canal 42? Vocês achavam que os podcasts desse tema tinham algo faltando e resolveram começar mais um? Como foi esse processo?


Bruno Costa- O Canal 42 surge de uma evolução de projeto. O Jurandir que é apaixonado por séries, montou anteriormente um projeto chamado miniview, que tinha como premissa analisar cada episódio de várias séries por semana com apresentadores diferentes. A aceitação do público tinha sido ótima, porém o formato não conquistou de fato o grande público. Pensando sempre em melhorar, Jurandir Filho resolveu montar uma equipe de fato para avaliar as temporadas de cada série e assim surgiu o formato atual do Canal 42. Os outros podcasts de série, apesar de muito bons, parecia não cobrir todo o material que estava chegando das séries, foi pensando nisso que adotamos nosso formato atual e montamos juntos esse novo projeto.


NP- Como foi formado o trio principal do podcast? Já conversavam antes sobre séries e viram que rolava química para se gravar o podcast?


BC- O trio principal foi formado através de uma pesquisa e proximidade da equipe, Bruno e Jurandir já trabalhavam junto nas artes do Rapadura e 99 Vidas e o Ricardo já tinha gravado algumas vezes com Juras, o que ajudou na construção dessa equipe. A química nasceu com a gravação do piloto e as conversas diárias via Facebook.


20150824_090444


NP- Existe alguma prioridade sobre qual série vocês devem gravar ou já tem mais ou menos definidas as séries e temas que possam ser discutidos dentro do Canal 42?


BC- Temos pautas definidas até o fim do ano, ajustamos de acordo com o calendário e principalmente com as novas séries. Nossa ideia é tentar cobrir o maior número de séries possíveis. Com isso fechamos nossa agenda e tentamos ajustar caso aconteça algo inesperado.


NP- A ideia do Tábua do 42 veio de qual mente brilhante? Nos diga, qual é o critério definido para que uma série seja gravada nela?


BC- Foi o Jurandir durante um programa, ele simplesmente teve o estalo e jogou a ideia. O critério é que as 3 notas dos participantes tem que ser 5 estrelas.


NP- O site de vocês contém basicamente os programas lançados, com espaço para comentários, existe alguma exigência entre vocês de escreverem colunas ou matérias a respeito do mundo das séries ou o site é basicamente a vitrine dos podcasts?


BC- Não existe essa exigência, o site mantém os podcasts e os comentários dos nossos ouvintes.


20150824_090757


NP- Para que seja difundido o Canal 42, vocês utilizam as mídias sociais, mas somente elas garantem a audiência e a sobrevivência do Canal 42? Que outras maneiras existem de divulgar o trabalho de vocês fora desse âmbito?


BC- Usamos apenas as mídias sociais, focamos em deixar sempre atualizado e responder toda a galera direto por ali. Temos conseguido um belo resultado.


NP- Ultimamente eu estive acompanhando uma discussão sobre a qualidade dos podcasts sobre séries, reconheço que alguns mostram um certo despreparo na hora de finalizar o seu programa, as vezes começam a falar de um terceiro assunto, e muita gente não gosta disso. Você tem alguma opinião formada sobre essa polêmica?


BC- A preparação para os podcasts no Canal 42 é levada muito a sério e cada um de nós tem uma função super bem definida dentro do podcast. Entender essa dinâmica é que torna o cast divertido. Como temos pautas definidas para o ano todo, conseguimos ver ou rever as séries e estudar elas, o que nos dá muita margem de acerto e discussão.


NP- Particularmente, eu gosto de podcasts com duração mais curtas, mas quando o assunto é vasto e bem discutido, vale a pena deixar o programa com maior duração. Existe possibilidade de vocês falarem de uma série como Arquivo-X em apenas um programa do Canal 42?


BC- Seria um desafio...já fizemos um podcast de mais de 3 horas sobre GOT que teve uma quantidade de downloads absurda. Acredito que quando o assunto é bom e bem debatido, nossos ouvintes vão acompanham e curtem.


NP- Falar de uma ou mais temporada ou alguma série completa é bem interessante, o que você acha de podcasts que fazem reviews semanais de algumas séries?


BC- Acho que cada um tem sua proposta e existe espaço para todos os podcasts. Cada um tem que achar seu formato.


20150824_091130


NP- Algo que chamou a atenção foi a enquete se animes como Dragon Ball Z são séries ou não. Como são animes que possuem episódios semanais, não existem dúvidas, ao menos para mim que são sim séries. Existe a possibilidade de falarem de tokusatsus no Canal 42 ou ainda não irão abrir espaço para esse tipo de produção, além claro de séries de outros países como Tailândia e Coréia?


BC- Queremos e muito falar de Tokusatsus, principalmente pela nostalgia que iremos abordar. Temos uma mini pauta que estamos trabalhando tem algum tempo, será um belo episódio! Sobre séries de outros países, queremos abordar sim e temos planos de trazer séries latinas também e até novelas.


NP- Os formatos diferentes como o Isso daria uma ótima série ou séries renovadas e canceladas são interessantes, se o tema do podcast fosse apenas falar de séries o público cansaria ou daria para prosseguir sem isso?


BC- Queremos dar fôlego ao público para que eles assistam as séries que iremos debater e para isso devemos intercalar - e muito - os episódios e também nos dar a liberdade de falar sobre outros assuntos do mundo das séries. Queremos ainda fazer outros formatos de programa, estamos constantemente pensando em melhorar nosso produto e ouvimos muito os ouvintes. O tema série não cansa, tanto que tem gente pedindo TODO o dia cast para gente e indicando várias séries.


NP- Considerações Finais Amigo?



BC- Agradecemos o espaço para falar sobre o Canal 42 e nossa proposta, queremos convidar a todos que acessem nosso site Canal42.tv. Estamos ainda no começo e tem muitas séries que irão ganhar programas especiais no 42 e você pode ver nascendo, um projeto inicial e que conta com a ajuda dos nossos ouvintes!

Obrigado a você que acessa, curte e compartilha nosso conteúdo! Esperamos você no próximo 42! Até lá!

NerdópoleCast 064: Soldado Universal

Assine Nosso Feed:Podcast Soldado Universal em 32kPodcast Soldado Universal Zipado



Bom Dia Nerdópole, hoje trazemos o Podcast Soldado Universal, toda grande franquia tem seu começo, descubra agora tudo e muito mais sobre esta obra com Jean Claude Van Damme


Para baixar o Podcast Soldado Universal, clique em Download com o botão direito do Mouse, "Salvar como", e escolha o local onde quer baixar"


Media do Filme : 3.1 Espacate


Host:


Marcos "O gênio do Mal"


Participantes:


Eduardo Cosso


Heitor Luis Polidoro


Claudio "O Dragão Dourado"


Site dos Participantes:


Drink n Play


Omegacast


Sinopse do Filme:


Luc Devereaux (Jean-Claude Van Damme) e Andrew Scott (Dolph Lundgren) integram uma equipe militar especial conhecida como "soldados universais". Esta equipe possui um projeto secreto de alta tecnologia cibernética, desenvolvida pelo governo, que visa a criação de guerreiros indestrutíveis, sem memória, insensíveis a dor e desprovidos de quaisquer sentimentos. Só que Devereaux e Scott, aos poucos, recuperam a memória. Desta forma ambos escapam do controle do governo, que logo busca um meio para capturá-los.

Campanha Especial: Clique na Imagem e saiba mais!!!



No Nerdópole você é o Patrão sem Gastar um Tostão!





Formas de Contato:


E-mail: contato@nerdopole.com.br


Siga nosso Chat no Vaiber


Nerdópole no Google+


Twiitter: @nerdópole


Facebook: /Nerdópole


Assine Nosso Feed : Nerdópole/feed


banner podcast nerdopole Itunes

Anime-se 033: Critica ao Anime Sailor Moon Crystal

Anime-se foi um post criado por Marcos " o gênio do mal" e Alimentado por Eduardo Cosso que tem a finalidade de Indicar bons animes e apresentar Animes ruins, de um forma simples e pratica, dando nota nos principais Quesitos de uma obra, toda nota é pessoal e como sempre a nossa opinião você pode Seguir o ignorar!



Tabela:


Critica ao Anime Sailor Moon Crystal


Nome do Anime: Pretty Guardian Sailor Moon Crystal
Tema: Shoujo
Autora: Naoko Takeuchi
Direção: Munehisa Sakai
Estúdio: Toei Animation
Emissoras de TV Japão: Tokyo MX
Exibição original: 5 de julho de 2014 a 18 de julho de 2015
Quantidade de Eps: 26
Faixa Etária: 10 anos


Critica ao Anime Sailor Moon Crystal


Quesito    Notas
Originalidade do tema    8
Abertura música/vídeo    10
Primeira Impressão    10
Apresentação dos personagens    10
Desenvolvimento do herói    9
Desenvolvimento do vilão    8
Desenvolvimento coadjuvante    10
Ritmo    8
Desenvolvimento da história    8
Episódios filles    9
Quantidade de Personagens    9
Novas ideias durante a série    8
Quantidade de Episódios    10
Arte do anime    9
O quanto o anime de prende    8
Desfecho de temporada    9
Desfecho final    9
Episódio Final    9
Marketing do Anime    9
Média final    8,94
sailormooncrystal


A Toei no início dos anos 90, adaptou o mangá de Sailor Moon, porém esse anime se destoou muito do tom original da obra original. Foram 200 episódios com vários especiais, para TV, mercado de vídeo e cinema. O sucesso foi enorme, tanto que uma espécie de tokusatsu foi lançado, mudando ainda mais o original e com qualidade meio duvidosa.
A nova adaptação recebeu o nome de Crystal e teve um formato interessante, foram duas temporadas, onde cada uma contou uma saga. Cada episódio demorava duas semanas para serem lançados, por isso, durou mais meses que uma série de 26 episódios costuma ter.
A animação estava bem bonita, com algumas cenas mais de longe pecando em qualidade, mas que só quem fica pausando para achar problemas ficava reclamando disso. Apesar de ser voltado ao público feminino, encontramos uma trama interessante e assuntos mais adultos. Para os meninos temos bastante ação e inimigos poderosos e para as meninas os romances e o encontro com seu príncipe encantado.
Se quiser realmente ação, recomento os 3 especiais de cinema, onde os poderes das personagens são maravilhosos e a porradaria corre mais solta. Vale a penas assistir as duas versões do anime, pena que Sailor Moon R é extremamente fraco, mas as outras séries compensam isso.

Score 004: Review do Jogo Batman: Arkham Knight

Score é um Post criado e Alimentado por Valério Gamer que visa apresentar os mais diversos jogos, antigos e novos, de todas as plataformas da forma mais simples e mais objetiva possível, dando notas aos quesitos avaliados durante as seções de jogos e hoje:

Review do Jogo Batman: Arkham Knight


Review do Jogo Batman: Arkham Knight

Trailer do Jogo:


[youtube https://www.youtube.com/watch?v=W2Yjqfkzc_w]

Podcast Post 040: Entrevista ao Podcast Euterpe Despedaçada

O Podcast Post continua seu caminho por conhecimento, descobrindo os trabalhos e inspirações do mais diversos Podcasts hoje conversamos com os Amigos Tiago Malta e Daniel MM  para conhecer mais o nosso Parceiro, esperamos que goste desta:



Entrevista ao Podcast Euterpe Despedaçada:


Nerdópole- Primeiramente, quero dizer que o estilo de podcast de vocês é bem interessante, como surgiu a ideia do podcast?
Tiago Malta- Eu o Daniel MM tocávamos numa mesma orquestra, indo para uma apresentação estávamos de fone e rindo, quando um perguntou o outro o que se estava ouvindo, a resposta foi "nerdcast"... Ele já estava pensando em fazer algum podcast sobre música e eu estava começando a testar/ editar um piloto que teve para o Portal mundo Nerd... e o resto é história


NP- Qual o significado de Euterpe Despedaçada? Qual é a relação do nome para o tema do podcast?
Tiago Malta- Euterpe é o nome de uma das musas gregas, sendo a Musa da música, já o despedaça dá a ideia de dissecar, ou seja, analisar cada pedacinho possível.
Daniel MM- A relação com o podcast estaria justamente no ato de dissecar, pois procuramos estudar bastante sobre um tema antes de grava-lo. Como no início gravamos em estúdio, não tínhamos como fazer qualquer consulta online, o que nos obrigava a fazer fichamentos, anotações e ler bastante sobre o tema que seria debatido, isso virou uma prática. Acreditamos que analisar, ou "dissecar" necessite de tempo de estudo, não é só abrir um Wikipédia e falar qualquer coisa.


NP- Como foi a ideia de começar a divulgar o som de bandas novas ou fora do mainstream?
Tiago Malta- Pois sendo a musa da música ela precisava abraçar todos os músicos por igual, se não seria apenas mais uma Euterpe genérica rsrsrsrs
fundo
NP- A equipe do podcast se reuniu como? São todos músicos ou apenas apreciadores?
Tiago Malta- Quando a gravação é apena eu e o Daniel gravamos em casa, pois moramos perto, mas sempre que dá encontramos o Jullian Ventura (o Emissário do Rock) e Felipe Manhães (responsável pelas vitrines), mas é mais pra social. Já o Tiago Lima, que mora em outro estado, por enquanto só via Skype.
Somos todos músicos e apreciadores.


NP- Como são decididos os temas a serem gravados? Como foi pensado a divisão dos temas, como entrevistas, bibliografias e sobre um determinado movimento da música e etc.?
Daniel MM- Temos uma lista do que precisa ser feito, tem tema que está na geladeira a pelo menos 4 anos, mas as vezes furamos a fila com algum assunto mais recente, um filme sobre a vida musical que acabou de sair. Essas divisões foram acontecendo naturalmente, geralmente conversamos rapidamente e pensamos em uma lógica de não repetir a ideia de podcasts, por ex: dois podcasts de biografias seguidos. Procuramos intercalar, um sobre movimento musical, outro sobre biografia e um terceiro sobre qualquer outro tema.


NP- A Justa Aumentada é bem interessante, nos fale o significado desse nome e como são realizadas as entrevistas.
Daniel MM- Justa Aumentada partiu da ideia de se fazer entrevistas ao melhor estilo rádio. A ideia surgiu do programa "Supertônica" do Arrigo Barnabé, em que o músico entrevista outros músicos ao vivo. Partimos da mesma ideia, de ir e entrevistar músicos ao vivo, por isso o programa demora a sair, não tem uma periodicidade pois acontece conforme conseguimos alguns contatos. O interessante que o programa empolgou tanto algumas pessoas que tivemos até uma contribuição do Gabriel Perboni fazendo um Justa Aumentada com uma banda de Jazz. A ideia é voltar à moda antiga, ao vivo, bate papo e entrevista. Todas entrevistas são gravadas com um gravador de mão simples da Sony.
Tem um outro projeto que é muito mais lento que o Justa (anual) que é o projeto de Audio Conto, onde pegamos uma obra musical e a narramos em forma de história, com dramatizações. O projeto foi baseado naquela coleção disquinhos coloridos, com histórias infantis. Já lançamos temos os 4 movimentos do Anel dos Nibelungos de Richard Wagner
Tiago Malta- Esse projeto de áudio conto tem a missão de divulgar grandes operas e desmistificar que sejam obras voltadas apenas para um público supostamente erudito e que qualquer um pode ser apreciador destas obras desde que sejam apresentadas.... Já estamos estudando qual será a próxima a ser produzida.
20150817_100020
NP- No site encontramos vários textos interessantes, junto com o podcast são bem informativos, vocês já estão satisfeitos com o que o projeto conseguiu? Quais são as suas metas para o futuro do Euterpe Despedaçada?
Daniel MM- Infelizmente esse ano estamos devagar, gostaríamos de ter mais textos, mas gostaríamos de ter mais gente na equipe produzindo, se eu (Daniel) produzo um texto a cada 4 meses, poderia ter mais 3 pessoas escrevendo uma para cada mês que falta. Quanto a construção do conteúdo acreditamos estarmos satisfeitos, conversamos sobre isso, não pretendemos "fazer de tudo" para bombar, queremos prezar o conteúdo, se o preço a pagar por isso é ter poucos seguidores que seja! Mas ainda estamos insatisfeitos quanto a quantidade de material produzido, só precisamos de mais pessoas que se identifiquem com o blog, como Jullian que chegou depois super animado com o projeto.


NP- Achei muito interessante o (Momento Mico - Dei uma Nota fora), como foi pensado fazer as erratas do programa em formato escrito?
Daniel MM- A errada foi basicamente uma cópia da errata que tem no "Fronteiras da Ciência" lá eles têm um macaco também, então resolvemos criar o nosso com uma frase típica do músico que toca uma nota desafinada.
A ideia aí é principalmente ser honesto com nossos ouvintes e mostrar que somos humanos e também erramos. Discutimos sobre isso e achamos que não seria honesto modificar um podcast já gravado, no máximo poderíamos indicar que alguém estava falando besteira com um barulho de um mico. Desconhecemos se a prática de alterar podcasts posteriormente a gravação é comum, mas não aprovamos a ideia.


NP- Como vocês divulgam o podcast? Por causa dele, já foram chamados para fazer alguma palestra ou algo assim?
Tiago Malta- Usamos redes sociais e alguns indexadores de conteúdo nada muito rebuscado, nossa única diferença é que quando falamos de algum músico especifico tentamos avisá-lo de alguma forma e a resposta geralmente é positiva, além do próprio músico de alguma forma divulgar.
20150817_095905
NP- Qual o diferencial que vocês colocam no podcast, para se diferenciar de outros que também falem do mesmo tema de vocês?


Tiago Malta- A diferença é que apesar de sermos um podcast de nicho, a música, dentre os podcast de música não temos nicho. Deixa eu explicar melhor: geralmente um podcast fala sobre um estilo específico. Nós não temos isso, falamos de música e ponto, pode ser funk, pode ser sobre Gonzagão, pode ser sobre música clássica.... Nunca (e nunca é uma palavra muito grande), nos restringiremos em um estilo musical, pois essa é proposta master de nossa esquipe e sempre com o maior respeito possível com todo tipo de música.
Daniel MM- Às vezes os podcasts musicais são playlists no estilo rádio. O que procuramos fazer é debater algum assunto dentro da música com amostra da trilha sonora, no início mostrávamos apenas trechos, mas hoje o podcast deixa tocar a música inteira.


NP- Alguma consideração final amigos?
Espero que seja estilo Rei Leão, um ciclo sem fim" sem precisar ter uma consideração final. Vida longa e prospera Nerdopolianos.

NerdópoleCast 063: Universos Paralelos

Assine Nosso Feed:Podcast sobre Universos Paralelos 32kPodcast sobre Universos Paralelos Zipado



Bom Dia Nerdópole, hoje trazemos o Podcast sobre Universos Paralelos, conversamos Sobre as teorias mais difundidas entre os cientistas, demos nossas opinião sem fundamento e imaginamos outras realidades legais e divertidas.


Para baixar o Podcast sobre Universos Paralelos , clique em Download com o botão direito do Mouse, "Salvar como", e escolha o local onde quer baixar"


Host:


Marcos "O gênio do Mal"


Participantes:


Eduardo Cosso


Marcelo Reina


Maveryk


Site dos Participantes:


UrudiCast

Campanha Especial: Clique na Imagem e saiba mais!!!



No Nerdópole você é o Patrão sem Gastar um Tostão!





Formas de Contato:


E-mail: contato@nerdopole.com.br


Siga nosso Chat no Vaiber


Nerdópole no Google+


Twiitter: @nerdópole


Facebook: /Nerdópole


Assine Nosso Feed : Nerdópole/feed


banner podcast nerdopole Itunes

Score 003: Review do Jogo The Witcher 3

Score é um Post criado e Alimentado por Valério Gamer que visa apresentar os mais diversos jogos, antigos e novos, de todas as plataformas da forma mais simples e mais objetiva possível, dando notas aos quesitos avaliados durante as seções de jogos e hoje:

Review do Jogo The Witcher 3


Review do Jogo The Witcher 3

Trailer do Jogo:


[youtube https://www.youtube.com/watch?v=tDfa1Qp2SwA]

Marvel vs DC de qual lado você esta?

As duas Editoras tem um caso de amor e ódio antigo, escritores e desenhistas de uma que já trabalharam na outra, tendências criadas por uma e seguidas pela outra, como podemos ver no cinema hoje em dia, porem mesmo nos quadrinhos as duas empresas que mais parecem o irmão mais velho e o irmão mais novo buscando por atenção (dos leitores) tentam sempre criar o melhor personagem, as vezes superando um já estabelecido pela rival, e as vezes as semelhança nem é proposital e você Quais dos personagens vocês preferem nesta eterna guerra:



Marvel vs DC:


DC e Marvel 002 DC e Marvel 003 DC e Marvel 004 DC e Marvel 005 DC e Marvel 006 DC e Marvel 007 DC e Marvel 008 DC e Marvel 009 DC e Marvel 010 DC e Marvel 011 DC e Marvel 012 DC e Marvel 013 DC e Marvel 014 DC e Marvel 015 DC e Marvel 016 DC e Marvel 017 DC e Marvel 018 DC e Marvel 019 DC e Marvel 020 DC e Marvel 021 DC e Marvel 022 DC e Marvel 023 DC e Marvel 024 DC e Marvel 025 DC e Marvel 026 DC e Marvel 027 DC e Marvel 028 DC e Marvel 029 DC e Marvel 030 DC e Marvel 031 DC e Marvel 032 DC e Marvel 033 DC e Marvel 034 DC e Marvel 035 DC e Marvel 036 DC vs Marvel 001 DC vs Marvel