WHAT'S NEW?
Loading...

Podcast Post 035: Perfil Podcast Café com Velocidade

Hoje o Podcast Post Entrevistou um dos Podcasts mais antigos e mais bacanas em atividade, diga-se de passagem um tema não considerado Nerd, o que só aumentada meu prazer por esta fazendo este trabalho com eles, recebemos hoje o todo Poderoso e Inalcançável Café com Velocidade agora em:



Perfil Podcast Café com Velocidade


Nerdópole - Quando surgiu a ideia de se fazer um podcast abordando esportes de velocidade?


Equipe Café: Por coincidência eu e a Bárbara Franzin, que tempos depois veio a se tornar a minha parceira no programa, criamos um blog sobre automobilismo no mesmo dia:​ 25 de ​setembro de 2006​! Os blogs estavam virando moda na internet na época e teve uma explosão. Vários ficaram pelo caminho e alguns permanecem vivos até hoje. Entre estes blogs tinha o da Aline Rodrigues e ela sempre este​ve ​à frente ao tempo e já gravava podcasts! Eu achei um barato e decidi que queria fazer o mesmo. Pensei em fazer com alguém e pensei na Bárbara, que havia sido muito educada quando entrei em contato com ela sugerindo trocas de links, algo normal naquela época.


Nerdópole-   O primeiro Podcast é de 31 de outubro de  2007 e vocês comentam sobre o café com formula 1 e o Velocidade, nos falem um pouco sobre estes blogs.


Equipe Café: Como respondido um pouco acima, era uma época em que os blogs estouraram na internet. Há alguns anos eram o Fotologs (algo como o Instagram de hoje). Então os blogs nasceram da necessidade de falar de automobilismo, de também dar opinião e talvez, encontrar alguns leitores para isto.​ - Bárbara: O Café com Fórmula 1 era o blog do Thiago e o Velocidade o meu. Até por isso o nome do podcast virou Café com Velocidade. Depois de um tempo gravando juntos resolvemos unir forças no blog também e hoje seguimos juntos no www.velocidade.org


perfil cafe 1


Nerdópole-   Quanto tempo se leva em pesquisas para as pautas de cada edição? Você assistem todas as corridas, ou cada um assiste o que lhe for delegado?


Equipe Café: Este tempo variou muito durante o passar dos anos! Como estamos quase comemorando aniversário de oito anos, hoje anda tudo muito tranquilo. Houve uma época em que além das categorias que falávamos regularmente, passávamos sobre os resultados de várias outras. Então,​o roteiro era uma loucura, pois tínhamos que entrar nos sites de cada uma delas, pegar resultado e tudo mais. Hoje isto não acontece mais e pra falar a verdade, ​à​s vezes nem falamos mais os resultados, pois não é o foco. Não precisa a gente vir numa segunda-feira falar no podcast que o Lewis Hamilton, por exemplo, venceu a corrida, pois pré -julgamos que quem nos ouve sabe como foi a corrida. Procuramos levantar mais discussões filosóficas! Por que disto? Por que daquilo? O que poderia ser melhor? Imaginem esta situação? Queremos levar os nossos ouvintes a pensar e filosofar sobre as corridas. Resultados ele entra em qualquer site e pega.


Nerdópole-      Existe algum esporte que vocês gostariam de abordar, mas não tem como acessar facilmente material para se falar sobre ele?


Equipe Café: Não - como só falamos de Esporte a Motor, temos acesso muito fácil à​s principais categorias que precisamos falar!


Nerdópole-      Vocês competem em alguma modalidade? O que os leva a gostar tanto deste tema?


Equipe Café: Não - nenhum dos três! Fomos seduzidos como telespectadores mesmo! Já andamos eventualmente de kart como brincadeira, nada profissional.


perfil cafe 2


Nerdópole -   Nas entrevistas, qual é o critério na escolha dos entrevistados? Já teve alguém que vocês gostariam de entrevistar, mas não conseguiram?


Equipe Café: O critério é trazer alguém que vai somar! Um jornalista que já fez coberturas, um piloto conhecido ou um novato pra falar das experiências, tudo que soma, nos interessa. - Bárbara: Temos o sonho de entrevistar alguns pilotos que correm na Fórmula 1 ou brasileiros que se destacaram em categorias internacionais. Sabemos que esse contato é mais difícil, mas não deixamos​ de tentar.​


Nerdópole -  Vejo que a duração dos Podcasts variam de uma hora a até mais ou menos quatro horas. Como manter a atenção de quem os ouve?


Equipe Café: Este é o tema que mais gerou brigas até hoje entre nós - o tempo! Hoje chegamos a um ponto comum e os programas duram três horas! E a coisa mais difícil é separar bem este tempo entre tudo o que precisamos falar. Pra segurar a atenção, tentamos sempre abordar temas além do que se vê na pista. Mas é claro, uma pessoa que só gosta de F1, dificilmente fica para o resto do programa depois que paramos de falar da categoria.


Nerdópole  -  Nesse tipo de esporte, que o incentivo é quase nulo no Brasil, como vocês veem o fato das pessoas irem competir em outros países, na opinião de vocês, tem algo que possa ser feito para mudar isso?


Equipe Café: É um assunto muito complicado este! A culpa maior acho que é dos fãs brasileiros, em sua grade maioria, que só gostam de um esporte se tem brasileiro vencendo. E obviamente, quem tem dinheiro e quer investir, procura colocar dinheiro onde está a maior audiência, para divulgar melhor a marca dele. Como é um esporte caro, sem patrocínio é difícil ir longe. Não sei se o governo deveria ajudar, pois existem tantas outras prioridades mais urgentes na frente. Por outro lado, vemos números astronômicos sendo desviados em corrupções que dá a impressão que num Brasil utópico, sem corrupção, o dinheiro daria para cuidar das prioridades (educação x saúde x segurança) e ainda investir no esporte, lazer e cultura. Mas vejo como muita admiração os pilotos que mesmo neste cenário, conseguem ir e brilhar lá fora.


Nerdópole -  Como vocês conseguem manter esse podcast por vários anos, nos diga, o que os incentivam a continuar no projeto?


Equipe Café: Paixão pelo que faz! Não é fácil mesmo, já ultrapassamos 360 edições, praticamente, vamos de Fevereiro a Novembro, toda santa segunda-feira, das 21:30 as 00:30. É um ritmo puxado, mas gostamos! Tanto que criamos o Cafeteria (programa sobre outras categorias) e o Café com Velocidade Entrevista, que acabam sendo gravados em outro dia da semana.


Nerdópole - De onde vem os recursos para a manutenção e investimento para que o projeto não se encerre?


Equipe Café: Até pouco tempo atrás, de nós mesmo. Mas acontece que estouramos a capacidade do nosso servidor, pela quantidade de arquivos e tivemos que procurar um espaço maior, que geraria um gasto maior. Tivemos a ideia de criar um crownfound no Patreon (www.patreon.com/cafecomvelocidade), que é uma espécie de vaquinha online e os nossos ouvintes, para nossa grata surpresa, abraçaram a causa e hoje muito colaboram, com 1, 2 ou 5 dólares mensais e nos ajudam a manter o programa.


Nerdópole -   Nestes quase 10 anos de programas já houve algum Hiato?


Equipe Café: Não - sempre fomos muito cuidadosos com isto! Já aconteceu de um programa ser gravado só com uma pessoa, mas poucas vezes falhou. De dezembro​ a janeiro paramos, pois praticamente não tem corridas, mas a ideia é deixar especiais gravados neste ano para serem vinculados​ nesse período​


Nerdópole - A Equipe foi sempre a mesma? como vocês conseguem ser tão unidos.


Equipe Café: Não! Até o programa 100 era só eu, Thiago Raposo, e a Bárbara Franzin. No 100 entrou o Thiago Rosa. Por volta do 190 entrou o Fábio Campos. Tempos depois o Thiago Rosa precisou deixar o programa​ e hoje somos nós três, Raposo, Bárbara e Campos.


perfil cafe 3


Nerdópole - Vocês consideram que o Podcast já alcançou todos os Objetivos


Equipe Café: Não - temos objetivos altos! Apesar de um bom número de ouvintes, queremos mais e mais e mais. Seria ótimo também se um dia fôssemos vinculados a um grande portal ou uma rádio e por que não, um​a​ TV? Os objetivos são audaciosos!


Nerdópole - Como você são tão antigos quanto a Referencia que todos citam, o Nerdcast, qual seria a referencia de vocês?


Equipe Café: Bem - a grande referência mesmo é a Aline Rodrigues, citada acima, que nos inspirou no começo. Daí fomos aprendendo as coisas meio na raça até chegar no formato que temos hoje.


Nerdópole - Teve algum Podcast de Emergência sobre alguma Noticia de ultima hora?


Equipe Café: Não - como as corridas acontecem no final de semana e o programa é gravado na segunda, mesmo com morte de pilotos na pista e tudo o mais, gravamos na segunda. Tivemos muitos especiais, tipo especial 500 milhas de Indianapolis, que entrevistamos vários pilotos, mas urgente não. Como o podcast é um braço do site www.velocidade.org, quando algo explode, acabamos cobrindo em forma de texto.


Nerdópole - O que vocês acham dos podcasts de esporte existentes no Brasil? Como incentivar as pessoas a acompanhar tantos campeonatos abordados pelo Café com Velocidade?


Equipe Café: Eu, particularmente, acompanho apenas os podcasts de automobilismo, não acompanho os dos outros esporte. Acho legal a galera se unir para expor suas opiniões, creio que tem espaço para todos.


Nerdópole - Obrigado Amigos pela Participação na nossa entrevista esperamos que tenham gostado



Gostaria de agradecer a oportunidade, foi legal responder tudo, pois fizemos uma viagem ao passado, relembrando como tudo começou! As vezes na correria do dia a dia e com a experiência de tantos anos, acabamos esquecendo de como tudo era difícil no início. Esperamos que gostem e se possível, tornem-se nossos ouvintes.


Equipe Café com Velocidade:

Thiago Raposo e Bárbara