WHAT'S NEW?
Loading...

8 Erros graves em filmes de Ação

Eduardo Cosso nos traz o que segundo eles são as 8 coisas que mais estragam um bom filme de ação, comente se vecê concorda ou discorda ou quer acrescentar alguma coisa, aproveite agora:



8 Erros graves em filmes de Ação


1- Sangue em CGI
- Gostamos de ver quando alguém leva um tiro, que saia sangue por onde ele seja acertado, mesmo que seja exagerado como em Kill Bill


8 Erros graves em filmes de Ação
2- Cenas de mulher seminuas
- Para que apelar com mulheres sem roupas? Um filme de ação que tenha isso, só perde tempo com besteiras, nos anos 80 até que tudo bem, porque nos anos 80 realmente havia nudez, mas hoje em dia é muito sem graça, levando em consideração que o que é bom mesmo não e mostrado


3- Lutas mal coreografadas
- Você tem um ator que é faixa preta em alguma arte marcial e o diretor não tem alguém que saiba fazer a coreografia das lutas, o câmera simplesmente não consegue um angulo que esconda a falsidade de um golpe e mais, o editor não consegue concertar isso na sala de edição, é inadmissível.


8 Erros graves em filmes de Ação
4- Uso exagerado de CGI em cenas de ação
- Embora a tecnologia consiga uma incrível semelhança em se tratando de criar objetos virtuais, como o Titanic navegando, sem que tenha sido uma cena prática, Velozes e Furiosos por mais que exageradas que sejam suas cenas de ação, ao menos usam tudo que podem para realizar a ação com efeitos práticos.
5- Efeitos sonoros ruins
- Vemos explosões incríveis, mas ouvimos um barulho genérico mal feito, isso não funciona em um filme de ação, onde o som tem que trazer a emoção das cenas de ação, e não parece algo falso, diminuindo o impacto das cenas. Sejam barulhos de armas atirando, portas batendo ou de socos e pontapés, tem que haver veracidade.
6- Dublês muito diferentes dos atores que eles fingem ser


- Se o ator tem cabelo curto, que seu dubles também tenha, mas não pode ser algo muito falso, afinal, já vimos na cara dura o dublê do Mel Gibson em Máquina Mortífera 4, que se percebe claramente que não é o ator, por parecer que o seu cabelo teve uma tinta mais escura que o cabelo do ator original.
7-  Câmera lenta sem saber ser corretamente usada
- Se um diretor quer que as cenas de ação sejam em câmera lenta, que saiba usar o recurso sem cansar o público, senão, é melhor ele deixar para quem saiba se utilizar, como exemplo temos o John Woo, ele sim, sabe realizar uma ótima cena de ação em slow motion. E claro, não precisa ser usado em TODAS as cenas de ação, só algumas específicas.



8- Se não tem um grande roteiro, que ao menos as cenas de ação não precisem dele
- É péssimo quando um filme de ação que já não tem um roteiro bom, não tenham cenas de ação que valha o dinheiro de um cinéfilo. Que ao menos o filme tenha ação ininterrupta, cenas de tirar o fôlego e claro, que a batalha final do filme seja nada menos do que sensacional, senão é melhor nem investir em um projeto desses.