segunda-feira, 24 de junho de 2013

Qual problema da palavra sexo?















 Bem não vou comentar do meu gosta pela musica sertaneja para não arrecadar mais inimigos que o suficiente.


Já notaram o quando ultimamente tem sido complicado para os músicos falarem a palavras sexo?




Começa pelo Michel Teló que fica naquela de “Ai se eu te pego, ai ai se eu te pego” pega e faz o que Michel?  Pega e sai correndo gritando:

- tá com você?

E tem outro cara o “João Neto e Frederico” que diz assim

“se eu te pegar você vai ver o lê lê lê”

Mas que porra de lê lê lê e este? Seria o órgão sexual do cara? Seria uma posição sexual avassaladora? Nunca saberemos porque ele nunca nos conta  o que é o tal lê... bom vamos continuar.

Então vem o MUNHOZ & MARIANO, esta cara chega todo sensual no seu camaro amarelo e diz para a mulher.

“eu vou pegar você e tãe e tãe e tãe e tãe” 



Meu deus que porra e Tãe, é sexo anal? É jogo de tabuleiro? É manifestação espirita?

Talvez seja um ritual canibal porque ele completa

“eu vou morder você todinha”


Talvez ele seja um canibal e o Tãe nada mais é que a palavra aborígine para comer, alguém pode me responder se estou certo?








E como se não bastasse o medo dos cantores de falar, meter, fuder, trepar, fornicar, coisa, nhanhã, me vem um ultimo que dizer para a gata assim

‘Você dançando e me puxando,
Descendo até o chão.
Te pego forte, te dou um beijo,
Só tem uma solução.’

Nesta hora a menina deve esta molhadinha querendo saber o que o gato sarado quer fazer com ela, qual a grande solução e ele completa...

É nóis fazer parapapá...
Parapapá, parapapá,
"Garrá", beijar, fazer parapapá.

Digam-me mulheres, serio mesmo, vocês que tem cérebro o resto pode ficar quieta, você iria para cama com um cara que quer parapapa com vocês? Parece coisa de maníaco, pode ser que ele entre no quarto e sente bala na sua cara...

Pa, pa, parapapa...



Nunca saberemos por que nossos amigos do forro e adjacente não conseguem falar sexo, ou porque escolhem estas onomatopeias para descrever o ato, mas as mulheres gostam, aproveite o som e pergunte no ritmo “como que faz pra nos...”


Tom Marcos


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário